Descubra 3 sinais de que você precisa de ajuda para correção de provas

22 de julho de 2014
ajuda para correção de provas

Por mais que esteja intrínseco no dia a dia dos profissionais de educação, a correção de provas não é uma das atividades mais produtivas para quem tem que pensar e repensar seus planos diários de aula.

E, com tantas possibilidades de facilitar sua vida nesse sentido e otimizar ainda mais o seu tempo, não é vergonha alguma admitir que você precisa de ajuda com a correção de provas. Ao contrário: é uma forma esperta – e humana – de mostrar que não damos conta de tudo sozinhos. E, se já que existem tecnologias para nos ajudar (como o Prova Fácil, por exemplo), por que não confiar ainda mais nesse auxílio?

Veja os principais sinais de que você precisa de ajuda com a correção – e aproveite para mostrar à sua equipe os benefícios da tecnologia na gestão de provas.

1 – Você não tem tempo para produzir novos conteúdos

Quanto mais alunos você tem, menos tempo há para corrigir as provas e criar conteúdos para todos eles, certo? Mesmo porque a correção é, de certo modo, uma das etapas mais minuciosas do processo.

Dar às avaliações toda atenção é ótimo, desde que isso não comprometa sua energia e capacidade de criar novos conteúdos para as disciplinas que ainda virão. Se você fica muito tempo na correção das provas e pouco tempo no desenvolvimento de novos conteúdos, atente-se: você provavelmente precisa de auxílio.

2 – Você dorme mal por conta das correções

Um dos principais problemas que os profissionais de educação enfrentam é a insônia ou o fato de dormir mal todas as noites – justamente pelo tempo que se gasta tendo que corrigir provas e lançar notas. Nesse caso, a ajuda na correção de provas não é só profissional: é vital para o bem estar do seu corpo e mente. Não deixe, portanto, para resolver depois essa questão. Professor que não dorme bem acaba comprometendo sua capacidade intelectual e seu humor, o que torna o dia a dia na escola mais cansativo do que de costume.

ajuda na correção de provas

3 – As correções geralmente apresentam erros

Se você vive uma das situações acima, ou ambas, é batata: com certeza suas provas apresentam erros de correção, ainda que bobos, mas que podem comprometer notas – e alunos, a longo prazo.

Por isso, é chato fazer com que o aluno pague por um erro que não foi cometido por ele, uma vez que a obrigação do professor é ensiná-lo e avaliá-lo de forma correta e coerente. Se comumente seus alunos pedem revisão de prova – e se pedem com razão, pois a avaliação estava errada – você precisa de ajuda nessa etapa do processo.

E, para sua sorte, a gente tem o jeito certo de resolver esse problema. Confira aqui como melhorar seu tempo, sua disposição e seu humor na correção de provas, de maneira segura e assertiva.