Avaliação por pares: conheça as vantagens que o “peer assessment” proporciona aos seus alunos

18 de junho de 2021
avaliação por pares prova facil

Avaliação entre pares pode aumentar o engajamento dos alunos com o processo de ensino-aprendizagem, entre outros benefícios.

Você já ouviu falar em avaliação por pares? Este é um tipo de avaliação diferente do que costuma acontecer nas salas de aula, quer presenciais ou virtuais, mas que merece ser observado com mais carinho.

É provável que você, leitor, já tenha realizado alguma avaliação entre pares ao longo de sua trajetória escolar ou acadêmica. Além disso, caso seja um professor, também já deve ter aplicado este método com seus alunos, às vezes mesmo sem perceber o quão benéfica é sua adoção.

O tema, inclusive, já motivou estudos científicos que comprovaram seus benefícios, reforçando como este é um método que merece fazer parte da rotina de professores e docentes por todo o país.

Nos acompanhe na leitura para aprender o que é avaliação por pares, quais são suas maiores vantagens e como fazer para aplicá-la em sua sala de aula.

O que é avaliação por pares?

É uma metodologia ativa em que os alunos avaliam o trabalho de outros colegas de classe. Por isso, ele é diferente do que costuma acontecer nas avaliações, geralmente realizadas apenas pelos professores.

A avaliação entre pares leva este nome porque depende de pelo menos dois estudantes para sua realização, não necessariamente o aluno “A” avaliando o aluno “B”, mas sempre um aluno avaliando o outro.

Do inglês “peer assessment”, o método é bem parecido com o que acontece no “peer review” (revisão por pares, revisão paritária ou arbitragem), embora este último método seja usado na publicação de artigos, concessão de recursos para pesquisas e pelo departamento de RH de empresas.

Na avaliação entre pares, os alunos analisam as atividades dos colegas, refletem sobre as respostas e julgam se elas foram bem executadas ou não, além de avaliar se os critérios e objetivos estabelecidos antes da prova foram atendidos.

Com isso, então, o estudante deixa um feedback sobre aquela atividade, o que estimula a reflexão sobre o tema. Além disso, como o mesmo será feito com as atividades que eles realizaram, o processo permite que todos aprendam, quer como avaliadores, quer como avaliados.

Por que investir em metodologias ativas?

Basicamente, as metodologias ativas são aquelas que colocam os estudantes como protagonistas nos processos de ensino-aprendizagem, oposto ao que acontece nas metodologias passivas, em que eles não são personagens ativos em tais processos.

Por isso, a aplicação de metodologias ativas se mostra como uma alternativa inteligente, capaz de desenvolver ainda mais os estudantes, além de incentivar uma participação mais ativa em seu próprio desenvolvimento, algo ainda mais importante quando se pensa no Ensino Superior, por exemplo.

Neste sentido, a avaliação por pares é considerada uma metodologia ativa por colocar os estudantes como protagonistas nos processos avaliativos, já que ao invés de apenas serem avaliados, eles também passam a avaliar seus colegas.

Inclusive, o uso de metodologias ativas é uma das melhores práticas na Educação Híbrida, que está tão em voga nos últimos tempos e deve se manter assim, dadas todas as vantagens e possibilidades que ela proporciona.

Quais são as vantagens da avaliação por pares?

Como mencionamos, o tema já foi abordado em uma série de estudos, como os seguintes:

Esses estudos mencionam vantagens da avaliação entre pares, e algumas delas são as seguintes, as quais corroboram ainda mais para sua adoção por parte de escolas, faculdades, centros universitários, universidades e instituições de ensino em geral:

  • Desenvolver os conhecimentos sobre os temas da avaliação. Como os próprios estudantes serão responsáveis por avaliar os colegas, é importante que eles dominem os assuntos abordados na avaliação, o que também estimula uma participação mais ativa nos estudos.
  • Motivar os estudantes. Saber que os estudantes terão que avaliar seus colegas é uma grande motivação para que eles tenham mais engajamento com as aulas e os estudos individuais, algo importante em todos os cenários, especialmente quando se pensa em Ensino Híbrido, Ensino Remoto e Ensino Online.
  • Ensinar a avaliar. Saber avaliar é importante em vários cenários, do meio estudantil ao acadêmico e profissional. Portanto, a avaliação por pares também ajuda a desenvolver uma habilidade tão importante quanto a de dar feedbacks construtivos.
  • Melhorar a aprendizagem. Por meio do compartilhamento de conhecimentos e da troca de ideias, os estudantes conseguem aprender mais, o que é sempre muito bem-vindo.
  • Adaptação a diferentes modelos avaliativos. A avaliação entre pares pode ser aplicada tanto em modelos avaliativos tradicionais, como as provas objetivas e discursivas, como em outros mais inovadores, como debates, fóruns e projetos colaborativos online.

Leia também: 7 modelos de provas diferentes para ter uma avaliação inovadora em sua escola

Como aplicar a avaliação entre pares?

Não há muito segredo aqui. Assim que as avaliações tiverem sido concluídas, basta reservar um horário durante a aula para que os estudantes avaliem as atividades de seus colegas, o que também pode ser feito como uma “lição de casa”.

É importante que eles sejam instruídos para que avaliem de maneira honesta, sem favorecer ou prejudicar determinados estudantes de acordo com seu nível de intimidade com aquele colega, por exemplo. Deve-se incentivar a imparcialidade, assim como quando o professor realiza a avaliação.

Ainda que seja uma metodologia ativa, o professor deve estar disposto a ajudar os estudantes na atividade. Afinal, eles podem ter dúvidas sobre o conteúdo ou mesmo sobre como avaliar outros alunos, já que geralmente estão do outro lado da situação.

Na primeira vez que as avaliações entre pares forem aplicadas, é comum ter algum estranhamento. Porém, com o passar do tempo, essa é uma alternativa que deve ser melhor assimilada pelos participantes, além de desenvolver seus conhecimentos e todos os benefícios aqui mencionados, entre outros.

Em um cenário educacional que caminha rumo a novidades e atualizações, como vemos no Novo Ensino Médio, é importante trazer diferentes possibilidades e atividades aos alunos, o que os ajuda a ter um pensamento mais abrangente e preparado para lidar com várias situações.

Justamente por isso, o peer assessment pode ser aplicado em todos os estágios educacionais, não apenas no Ensino Médio ou na Educação Superior. Afinal, quanto antes os estudantes se depararem com o papel de avaliadores, mais cedo eles terão contato com essa habilidade tão importante.

Ainda falando sobre a diversificação de metodologias e o protagonismo do aluno proporcionado pela avaliação por pares, se você quer estar a par das novidades sobre o Novo Ensino Médio, a Prova Fácil preparou um e-book gratuito com as principais informações sobre o tema. Inscreva-se abaixo e aproveite!

Baixe grátis o e-book do Novo Ensino Médio