Escola moderna: como a tecnologia ajuda na educação?

26 de julho de 2016
como a tecnologia ajuda na educação

Um levantamento recente feito pela aprenda.online, uma iniciativa da Fundação Lemann revelou que 12 milhões de brasileiros usam aplicativos, programas, softwares, videoaulas, simulados, jogos e outros recursos tecnológicos para estudar. O dado mostra que a tecnologia na educação rompeu uma barreira importante no Brasil: a da resistência à novidade.

Ao longo das últimas décadas, com o avanço das tecnologias – e, portanto, dos produtos e serviços voltados para o ensino -, parte dos gestores, coordenadores, professores e pais de alunos passou a ver com desconfiança a entrada da tecnologia dentro da sala de aula. Criou-se um mito de que os aparelhos só tirariam a concentração dos alunos ou que os professores seriam, no futuro, substituídos por robôs.

Esse clima de desconfiança foi sendo quebrado à medida em que iniciativas começaram a surgir em todo o país, escolas privadas apostaram na eficiência da combinação da tecnologia com a educação e o poder público tomou o mesmo rumo. Como veremos com esse texto, a combinação entre tecnologia e educação pode além de facilitar a vida do professor, criar laços entre toda a comunidade escolar.

A tecnologia na educação e o aluno mais próximo

como a tecnologia ajuda na educação

Há uma dificuldade presente em diversas escolas e que pode ser resolvida com a adoção de alguns métodos tecnológicos: o acompanhamento personalizado dos alunos. Um estudante pode ser muito bom em história e ter na matemática uma grande barreira. Ou vice-versa. Mas, como é possível dar atenção individualizada a cada um em uma turma de 50 alunos, e mais oito classes em cada série? Mesmo sem querer, ele acaba sendo “esquecido” pelo professor.

O Prova Fácil é uma ferramenta desenvolvida pensando em resolver este problema. Com as notas das provas de todos os alunos armazenadas em seu banco de dados, o software gera relatórios completos sobre cada estudante, identificando os problemas. Ao gastar menos tempo para se observar essa dificuldade, professores e gestores podem, juntos, agir com antecedência e dedicar mais atenção aquele aluno por meio de um sistema de monitorias ou pedindo ao professor que lhe conceda exercícios extras.

Corrigindo exercícios sem gastar tempo

O tempo também é vilão para os professores. Principalmente quem divide sua rotina entre salas do ensino médio com alunos que passam por baterias de provas, exercícios e simulados para se prepararem para o Enem. Você, melhor do que ninguém, sabe que as noites mal dormidas têm, na correção de provas, uma boa explicação. Os pacotes de provas que voltam da escola como “para casa” para serem corrigidos demoram horas para serem esgotados. Agora, no entanto, você tem um aliado – a tecnologia – que pode te ajudar com isso.

O Prova Fácil é um produto que trouxe uma tecnologia relativamente simples que envolve apenas o seu smartphone, para agilizar o dia a dia do professor. Com ele, as pilhas de provas deixam de existir – já que elas estarão armazenadas em seu celular. Isso significa mais que deixar de carregar peso no caminho entre a escola e sua casa, mas que você pode acessá-lo de qualquer lugar e deixar que a ferramenta corrija as questões fechadas para você.

como a tecnologia ajuda na educação

Tenha em mãos um banco de questões completo

Além de oferecer a correção de provas de forma automática, o Prova Fácil também facilita outros aspectos do dia a dia do professor. Um deles é que a ferramenta conta com um banco de questões que armazena e gerencia questões que você elaborou ou viu em alguma prova e pretende utilizar em um teste futuramente. Com isso você não se preocupa em pensar em questões de última hora e pode gerenciar a biblioteca de perguntas. Outra vantagem é que, logo após corrigir a múltipla escolha o software apresenta o resultado da prova e gera um relatório que compara as notas do aluno ao longo do tempo. Uma boa oportunidade para acompanhar a evolução do estudante.

Usando a tecnologia na educação como aliada

Para entender como a tecnologia na educação pode facilitar a rotina de toda uma escola é preciso entender os papeis de cada um dos atores envolvidos nesse cenário. No caso dos gestores, por exemplo, frequentemente, a imagem que temos é de uma pessoa envolta em atividades que se resumem a cuidar da instituição – lidar com a questão administrativa, financeira, funcionários e infraestrutura. Por isso mesmo é que é difícil ver esse gestor próximo dos alunos e dos professores, da sala de aula, dos laboratórios, da cantina, da sala dos professores. Afinal, ele gasta todo o seu tempo com as demandas da instituição.

Demandas como essas acabam por afastar o contato entre professores e gestores, minimizando as trocas de experiências e o acompanhamento das necessidades reais dos docentes. Com o tipo de tecnologia certa, as atividades podem passar a sobrecarregar menos ambos os profissionais.

Se formos marcar com um cronômetro, certamente ficaríamos assustados com o tempo que gestores reservam todos os dias para resolver atividades meramente burocráticas, como montar um quadro de horários que leve em conta as disponibilidades dos professores ou verificar os alunos que estão inadimplentes e cobrar seus pais sobre as mensalidades em atraso. Muitas vezes são pequenos detalhes que já passaram a fazer parte da rotina do gestor, que nem se dá conta de que perde um tempo precioso.

Para essas questões existem ferramentas que podem auxiliá-lo a reduzir esse gasto de tempo. São softwares que fazem cruzamento de dados para encontrar um quadro de horários que leve em conta as peculiaridades da sua escola ou uma ferramenta que identifique os pagamentos que ainda não caíram no sistema e envie, por email, uma cobrança automática.

Se as atividades burocráticas tomarem menos tempo dos gestores, claro, mais tempo sobre para outras funções.

Como vimos no post de hoje, as soluções tecnológicas para os problemas que você enfrenta dentro de sala de aula estão disponíveis. Mas isso não significa que você deve adquirir toda e qualquer novidade que vê por aí. Faça um estudo sobre os problemas recorrentes na sua escola e pense no ganho que terá com a introdução de uma tecnologia capaz de resolvê-los. Leia nosso blog e entre em contato conosco para conhecer outras funcionalidades dos nossos produtos.

como a tecnologia ajuda na educação