fbpx
  • Posts
  • Materiais
  • Artigos
  • Cases
  • Tutoriais
Vida de professor

Como criar um banco de questões inteligente?

Você sabe como criar um banco de questões inteligente? Mais que um repositório de conteúdo, essa ferramenta traz eficiência, diversidade e agilidade para o professor criar as provas. Porém, esses benefícios somente são atingidos quando há organização e potencialização do uso.

Como alcançar esse patamar? O recomendado é conhecer a fundo essa função e ver dicas relevantes, que ajudem a montar seu próprio banco de questões. É o que vamos fazer neste post, a partir de dicas simples e passíveis de aplicação a partir de agora.

Assim, o professor deixa de repetir perguntas anos a fio e também evita ficar sem criatividade para criar avaliações. Então, quer saber quais são elas? Confira!

Centralize os itens em uma única plataforma

Deixar os arquivos soltos no computador é um erro, porque torna mais difícil encontrar alguma questão antiga dessa forma. Esse é o caso de criar avaliações e salvá-las no Word. Já pensou em quantos documentos seria preciso procurar após 5 ou 10 anos de profissão?

Para evitar esse problema, opte por plataformas que centralizam as questões. Uma opção é o Google Drive ou Evernote, que tem uma ferramenta de busca por palavra-chave. Assim, todos os arquivos com aquela menção aparecem na pesquisa.

No entanto, essa ferramenta ainda não é a mais eficiente para montar um banco de questões inteligente. Utilizar um sistema de gestão de provas é melhor, porque todas as perguntas ficam reunidas nessa solução já prontas para serem transformadas em provas online ou offline. Assim, com uma busca rápida, você consegue ter acesso a todas as perguntas que listam aquele termo pesquisado.

Crie um sistema próprio de organização das questões

A organização é fundamental para ter acesso às questões na hora que você precisar. Se você armazenar no seu computador ou em um programa em nuvem, como o Google Drive, insira os arquivos em pastas específicas, com nomes padronizados. Por exemplo: Ciências – turma 1 – ano 2019.

Essa é uma maneira de encontrar as provas que você precisa. Se preferir, é possível utilizar um sistema de organização que vise à separação das questões por assuntos. É o caso de dividi-las, por exemplo, por trigonometria, logaritmo, matrizes etc.

prova personalizada

Invista na organização automatizada

Se a instituição de ensino em que você trabalha não oferece um sistema adequado, você pode procurar sistemas que ofereçam a organização sistematizada. Esse é o caso do Prova Fácil, por exemplo. Nele, o banco de questões é organizado de acordo com a Matriz de Conteúdo da instituição e, também, por níveis de dificuldade. Assim, as provas podem ser geradas automaticamente em três tipos distintos de modelo e podem ser aplicadas de forma online ou presencial. A única coisa que o sistema precisa para uma prova de sucesso são os itens bem feitos e organizados no banco.

Para os professores que trabalham em instituições que ainda não adotaram o sistema, é possível organizar seu banco por conta própria, com o Prova Fácil Professor. Você pode fazer um teste gratuito e verificar como a plataforma funciona. Se desejar funcionalidades mais simples — como geração de folhas de resposta, cadastro de gabarito, digitalização de provas e correção automática —, você pode contar com o plano free.

A vantagem é ter acesso a uma quantidade grande de perguntas e respostas de diferentes assuntos. Isso porque mais de 60 mil professores organizam as provas e compartilham as questões no aplicativo.

Outro benefício é contar com uma grande rede de apoio para a correção automática das avaliações e outras funções, como busca que perguntas e diagramação automática, inclusive com os nomes dos estudantes em cada uma das provas.

Use bancos de questões gratuitos para treinar seus alunos

Os estudantes precisam ser treinados de maneira frequente para terem resultados positivos nas avaliações da escola e também nas externas, como Enem, ENADE e vestibulares. Essa opção também está disponível no Prova Fácil Professor ou em outras plataformas, como a SuperPro.

A ideia, nesse caso, é contar com um grande número de questões e ter acesso a outras ferramentas, que ajudam a organizar as perguntas e diversificá-las. Assim, o estudante consegue responder os itens sem correr o risco de decorar a alternativa correta.

Outra opção válida é o site do Inep, que contempla provas e gabaritos do Enem desde o início de sua aplicação, em 1998. Desse modo, você tem acesso aos testes de acordo com o caderno e o dia da prova.

Faça um bom planejamento para criar um banco de questões inteligente

O professor e a instituição de ensino precisam implementar uma boa programação para criarem o banco de questões. Essa regra é especialmente válida se você utiliza uma plataforma de pesquisa e organização das perguntas da prova.

Verifique os parâmetros da instituição de ensino e faça um planejamento com base em decisões orientadas, desempenho escolar dos alunos e relatórios de aproveitamento. Um sistema de gestão de provas fornecerá todos esses dados.

Com isso, o professor deve elaborar as avaliações. Assim, o resultado tende a ser melhor que a aplicação de uma prova sem a definição de qualquer propósito.

Padronize as avaliações

Uma mesma instituição de ensino tem mais de um professor para cada disciplina. É preciso que todos eles utilizem os mesmos parâmetros para criar testes apropriados e que permitam comparar o desempenho das turmas.

Esse problema é resolvido com um banco de questões parametrizado. A ideia é garantir níveis equivalentes de dificuldade, que complementam os conhecimentos repassados no ano anterior e confirmam os assuntos vistos em sala de aula.

Além disso, são definidos níveis corretos de dificuldade para cada método de correção. É oferecido um peso específico para as questões, a depender de serem fáceis ou difíceis.

Busque sites de referência em elaboração de questões

Por mais que você use um sistema de gestão de provas e tenha um banco de questões inteligente, é importante estar sempre em busca de novas perguntas. Você pode fazer isso pesquisando em sites da internet, como o Mundo Educação.

Ao verificar as opções existentes, você pode utilizar alguma das questões ou até criar outras a partir da inspiração obtida. O site do Inep com as questões do Enem — que já indicamos — é outro bom lugar para fazer esse tipo de pesquisa.

Seguindo qualquer uma das dicas que apresentamos, você tem uma chance maior de ter avaliações aprofundadas, bem embasadas e que contribuam com a construção do conhecimento no processo de ensino-aprendizagem. Então, que tal colocar em prática as sugestões sobre como criar um banco de questões inteligente?

Se quiser entender melhor como um sistema de gestão de provas é capaz de ajudar a sua rotina de elaboração dos exames, faça seu teste gratuito no Prova Fácil Professor! Crie seu login e senha, e conheça mais sobre essa solução.

COMO FAZER PROVA ONLINE com o prova fácil


Veja mais

Vida de professor

Conheça quais são os tipos de avaliação de aprendizagem

Quais são os tipos de avaliação da aprendizagem utilizados na sua escola? Se você responder que toda a base é feita em provas, saiba que sua instituição de ensino está…

VER MAIS POSTAGENS

Pesquisa

MAIS LIDAS

A importância da tecnologia na Educação e como ela impacta na performance​ de alunos e professoresO que é correção automática de provas?Como ter um banco de questões inteligente com o Prova Fácil?10 dicas para economizar tempo com a correção de provaComo evitar cola durante as provas? Veja 4 dicas!Como elaborar provas que realmente ajudam na aprendizagem?

As melhores soluções para gerenciar as suas avaliações

SIGA-NOS

ASSUNTOS