Como melhorar os índices educacionais com a Matriz de Referência?

9 de julho de 2015
como melhorar os índices educacionais

Na educação, as Matrizes de Referência são instrumentos que sinalizam o objetivo de uma avaliação. Formadas por um conjunto de descritores que representam as habilidades que são esperadas dos alunos em cada fase da escola, auxiliam instituições e professores na organização do plano de estudos adequado.

As Matrizes de Referência não devem ser confundidas com propostas curriculares, estratégias de ensino ou diretrizes pedagógicas, pois não englobam todo o currículo escolar, mas apontam as competências desejadas para um bom desempenho do estudante. Dessa forma, as instituições podem se valer delas para acompanhar o cenário de educação e traçar a melhor metodologia de ensino.

Uma forma de aplicação das Matrizes para melhorar o índices educacionais é o mapeamento das provas que os estudantes farão ao longo do ano letivo. Cada prova possui especificidades e, com base nelas, a orientação do trabalho em sala de aula pode ser mais precisa e até indicar um replanejamento pedagógico. Abordando os conteúdos esperados, o professor otimiza o tempo em sala, pois as avaliações identificarão com mais facilidade os gaps de aprendizagem. As dificuldades passam a ser melhor trabalhadas pontualmente e o conteúdo se torna mais interessante para os alunos, que se empenham mais no processo educacional.

como melhorar os índices educacionais

Por dentro do nível de conhecimento dos alunos, individualmente e em grupo, a instituição pode ter em mãos a possibilidade de traçar novas metas que estejam mais alinhadas com os interesses deles, que apresentarão desempenho mais satisfatório, e não mais restrito ao “preciso passar de ano”. Por sua vez, professores e coordenadores terão um espelho mais cristalino de como estão trabalhando, reconhecendo onde precisam melhorar e repetir o que deu certo. Na velocidade do mundo atual, é preciso que as propostas pedagógicas acompanhem o ritmo dos alunos e se renovam sempre que preciso. É dessa forma, buscando melhorias constantes, que a educação se aprimora e se fortalece com uma porta para novos horizontes.