Como melhorar os resultados da prova integradora?

3 de abril de 2020

Melhora no desempenho beneficia todas as partes envolvidas

A prova integradora é um excelente instrumento de avaliação para toda instituição de ensino superior. Ainda que não seja obrigatória, investir em sua preparação e aplicação traz frutos valiosos e perenes.

Quando ela é realizada, é evidente que a IES deseja obter boas notas por parte dos alunos, o que também significa que o corpo docente está desempenhando um trabalho exemplar, mas pode ser que o resultado não esteja a contento.

Felizmente é possível aplicar algumas práticas capazes de melhorar o desempenho na avaliação, as quais são mais simples do que você pode imaginar e podem ser colocadas em prática já para a próxima avaliação. Conheça quais são e comprove a eficácia de cada uma delas!

O que fazer para obter resultados mais positivos na prova integradora?

Ao aplicar esses conceitos você perceberá como, dentro de pouco tempo, será possível obter resultados notáveis e mensuráveis nas avaliações!

Mobilize a equipe docente para realizar a prova

A avaliação integradora é uma ideia que deve ser assimilada por toda a instituição de ensino, sendo os professores e coordenadores partes fundamentais neste sentido, já que estarão envolvidos tanto em sua elaboração quanto na aplicação. Porém, tal mobilização vai muito além da avaliação citada.

De acordo com um relatório da Gallup, que levou em consideração mais de 7,2 mil professores dos Estados Unidos no estágio K-12, equivalente ao período entre o ensino primário e o secundário no Brasil, referentes ao ano de 2012, em torno de 70% deles (5,04 mil) não estão engajados em seu trabalho.

Ainda que a faixa etária e o país sejam diferentes, é bem provável que alguns professores aqui no Brasil também não estejam engajados com suas atividades, ponto em que a instituição de ensino superior deve ajudá-los.

Mediante uma relação franca e saudável com a equipe docente, é possível estabelecer uma conversa que vise melhorar o ambiente para todos os envolvidos e, consequentemente, ajudar na qualidade de ensino.

Quando isso for colocado em prática, também ficará mais fácil mobilizar a equipe docente para a prova integradora, a qual deve compreender a importância desta prova para, assim, dar o seu melhor, o que por sua vez ajuda no comprometimento e na obtenção de resultados positivos.

No artigo em que falamos sobre o que é avaliação integradora, entendemos que sua realização é benéfica para todas as partes envolvidas, ou seja, os professores e coordenadores também saem ganhando quando há bons resultados.

Elabore questões de qualidade para a avaliação

Para que o resultado das provas integradoras seja coerente com a qualidade de ensino e aprendizagem de uma instituição, é essencial que as questões nela presentes levem em consideração o que foi contemplado no currículo acadêmico de todo o curso.

Em outras palavras, a prova integradora precisa ter perguntas bem elaboradas, com conteúdos que fizeram parte do aprendizado dos alunos, de modo que eles possam colocar em prática o conhecimento adquirido durante este período.

Para tal, é importante que os professores e coordenadores se reúnam em prol da elaboração de questões relevantes e desafiadoras. Assim, o resultado refletirá a realidade da qualidade de ensino e aprendizagem e, consequentemente, permitirá que se obtenha os insights necessários para eventuais melhorias.

Veja também: Como a avaliação deve guiar a aprendizagem?

Faça uma campanha de comunicação para mobilizar os alunos

Assim como os professores devem ser mobilizados, o mesmo se aplica aos alunos, que precisam compreender a real importância da avaliação integradora e tudo o que ela pode proporcionar ao presente e ao futuro de sua jornada acadêmica e profissional.

Aqui, o processo também vai além do que acontece apenas no momento da prova. Ainda de acordo com a Gallup, 49% dos alunos de escolas públicas dos Estados Unidos que participaram da pesquisa estão engajados com a escola, enquanto 47% estão esperançosos para o futuro.

Outra informação interessante e que também vem da Gallup é o fato de que os alunos se tornam menos engajados conforme percorrem suas jornadas na escola, ou seja, os níveis tendem a estar em níveis mais baixos no ensino superior do que já estiveram em outros momentos de suas vidas.

É papel da instituição de ensino superior manter os alunos engajados com diferentes ferramentas, de atividades extracurriculares à seleção minuciosa de docentes, de modo que a experiência obtida pelos alunos seja a melhor possível.

Continuando este processo, os fatos de que a prova integradora testa seus conhecimentos e seu formato se assemelha ao do Enade e a provas de concursos públicos, além de ter um peso importante em sua nota naquele determinado período, devem ser bastante comentados para que eles realmente entendam.

Para tal, vale a pena investir na comunicação interna, feita através de cartazes, publicações nas redes sociais da instituição de ensino e materiais distribuídos por e-mail, o que só ajudará a entender como tal avaliação é fundamental.

Aplique a prova com qualidade e eficiência

Por último, mas não menos importante, a aplicação da avaliação integradora deve ser feita com total qualidade e comprometimento, assim como acontece com qualquer outra prova, seja ela da própria faculdade ou alguma avaliação externa, como é o caso do Enade, por exemplo.

Cabe ressaltar que a aplicação da prova em larga escala é facilitada quando se utiliza uma solução em processos de avaliação, como o Prova Fácil, a qual também auxilia na composição da prova graças ao acesso irrestrito ao banco de questões da IES, o que ajuda a economizar tempo e ganhar em qualidade.

Ainda que nem sempre se pense desta forma, a qualidade com a qual se aplica o teste influencia diretamente nos resultados obtidos, o que já começa na preparação do corpo docente e dos alunos para a prova integradora.

Confira mais: Quem já adota as avaliações do futuro?

Obtenha resultados exemplares nas avaliações integradoras!

As provas integradoras devem ser encaradas como uma necessidade, de fato, mas também como um instrumento importantíssimo para se analisar a qualidade de ensino e aprendizagem da instituição de ensino, fatores que estão entre os principais para tais estabelecimentos.

Com um bom planejamento e uma execução impecável, a prova integradora tende a trazer resultados ainda melhores, o que é motivo de orgulho para toda faculdade, centro universitário e universidade e demonstra que tais instituições estão no caminho certo em seu papel de transmitir conhecimentos relevantes à sociedade.