Concurso de bolsas de estudo: como e por que ofertar em sua instituição de ensino

20 de agosto de 2021
https://www.provafacilnaweb.com.br/processo-de-selecao/?utm_source=blog+prova+facil&utm_medium=blogpost&utm_campaign=educacao-em-2021-prova-facil

Oferecer concursos de bolsas de estudo pode ser uma ótima oportunidade de manter a sua instituição competitiva no mercado e ainda reforçar a inclusão dos alunos.

Tanto no ensino básico como no ensino superior, oferecer concurso de bolsas de estudos é uma excelente prática para a instituição reter os alunos e solidificar sua marca no meio acadêmico. 

Tanto é que processos seletivos internos visando a obtenção de bolsas de estudo estão ganhando terreno nas universidades brasileiras, o que significa que as IES estão apostando em alternativas para os exames externos como PROUNI, FIES etc.

Contudo, para que isso aconteça com êxito, a tecnologia vem a ser uma grande aliada nesse processo, pois além de garantir agilidade e segurança, ainda economiza tempo e recursos.

Mas como ofertar esse tipo de iniciativa? Quais os benefícios dessa prática? De que forma as bolsas serão distribuídas? O artigo de hoje vai responder essas e outras questões. Confira!

Por que oferecer concurso de bolsas de estudo?

A realização de concursos de bolsas de estudo é uma forma muito eficaz de valorizar o nome da instituição no mercado, ao mesmo tempo em que se torna uma alternativa para aqueles que estão com dificuldades financeiras de continuar os estudos.

Prova disso, é a situação econômica enfrentada pelo país diante da pandemia de COVID-19, iniciada em 2020. Tanto no ensino básico, como no superior, a evasão escolar registrou números alarmantes.

Segundo dados do Mapa do Ensino Superior no Brasil, divulgados pelo Instituto Semesp, o número de alunos que largaram os cursos superiores saltou mais de 5% de 2019 para 2020, chegando ao patamar de 35, 9%, considerando o ensino presencial; no ensino EAD o percentual chegou aos 40%.

Para o diretor executivo Rodrigo Capelato, responsável pelo Instituto Semesp, entre as causas dessa desistência estão a falta de recursos para manter as mensalidades e despesas do curso em dia. 

Sendo assim, quando são ofertadas bolsas de estudos para os alunos, eles terão como pagar suas mensalidades, o que reduz a evasão e aumenta o interesse em continuar na IES.

Bolsistas/cotistas obtêm melhores notas

Especialistas acreditam que as boas notas nos exames externos (como PROUNI e ENADE) e as seleções internas da instituição vindas dos alunos bolsistas têm a ver com o fato de que essa é uma das condições para se manter no programa de incentivo.

Logo, isso significa que o esforço dos bolsistas é maior justamente porque conseguir boas notas e um aproveitamento maior é um pré-requisito tanto para entrar no programa como para se manter nele.

Portanto, isso explica o melhor rendimento desses alunos quando comparados aos estudantes que estudam sem descontos nas mensalidades, pagando-as integralmente.

Um artigo científico publicado na Revista eletrônica RAUnP já demonstrava essa teoria com dados claros.

Conforme um estudo de caso aplicado em 2.571 alunos de uma IES privada do município de Natal/RN, a média dos alunos bolsistas foi maior que a dos alunos não bolsistas. A pesquisa considerou dois programas de incentivo estudantil, o Prouni e um programa municipal, o Proeduc.

A instituição dar espaço à inclusão social

Abrir novas oportunidades para que mais alunos tenham acesso a uma educação de qualidade é uma atitude que engrandece o nome da universidade, já que demonstra que o interesse não está apenas no lucro financeiro, mas também na formação acessível à sociedade.

Por sua vez, essa atitude mostra que a sua faculdade se preocupa com as pessoas menos favorecidas economicamente, e que elas são, de fato, importantes para o corpo de alunos.

Assim, essa ação dá mais visibilidade ao papel social da instituição enquanto empresa e favorece uma boa reputação, o que pode resultar na captação de novos alunos, que se matricularão no sistema regular de matrículas.

Como pode ser essa bolsa de estudos?

Basicamente, a bolsa pode ter variações de descontos, sendo parcial ou integral, bem como pode ser temporária ou permanente. 

Algumas universidades oferecem descontos de até 100% nas mensalidades do curso, considerando o rendimento obtido no vestibular, enquanto outras preferem cobrar as parcelas somente a partir do segundo semestre.

Portanto, é importante alinhar os objetivos da iniciativa de descontos com o departamento financeiro da universidade, de maneira que a distribuição das bolsas não prejudique o orçamento da IES.

Como realizar esse processo?

O preenchimento das vagas das bolsas de estudo pode considerar diferentes estratégias, como:

    • Investir em marketing: é preciso mostrar aos alunos porque a instituição merece ser a escolhida entre tantas outras. Assim, o marketing deve focar nos descontos oferecidos para quem deseja entrar na IES, chamando a atenção dos estudantes que pretendem iniciar uma faculdade enoa estão com boas condições financeiras;
  • Reutilizar questões de vestibulares aplicados: também é válido utilizar questões de processos vestibulares anteriores como uma maneira de selecionar os alunos que podem obter, por exemplo, bolsas de 25%, 50% ou 100% de desconto;
  • Concessão de bolsas para veteranos com bom rendimento: Nesse caso, deve-se observar o histórico acadêmico e decidir aqueles que apresentem melhor desempenho acadêmico, o que previne a concessão de bolsas a alunos descompromissados.
  • Recorte de renda: do mesmo modo que o PROUNI, podem ser oferecidos descontos na mensalidade para os alunos que já pertencem a IES e que são de baixa renda. 

Como a tecnologia pode ajudar no concurso de bolsas de estudo?

O concurso de bolsas de estudo é muito benéfico para pais, alunos e a instituição, desde que bem planejada. Nesse cenário, a tecnologia pode ajudar no alcance desse objetivo.

Isso porque com um sistema de realização de provas, a sua instituição pode ter resultados mais ágeis e precisos na seleção de alunos para preencher as vagas das bolsas de estudo.

Exemplo disso é a Prova Fácil Processo de Seleção, uma solução que atende perfeitamente a essa demanda. Com o nosso sistema de aplicação de provas, a correção das avaliações é feita com muita rapidez, ao passo que os resultados estão disponíveis em até 48h. 

Então, não deixe de aproveitar as vantagens do Prova Fácil Processo de Seleção, como faz a Newton Paiva e diversas outras instituições, as quais concedem bolsas de estudo de até 100% a partir da aplicação de exames onlines.

Conheça o Prova Fácil Processo de Seleção