Desempenho Acadêmico: 8 Maneiras de Avaliar o Aprendizado dos Alunos

8 de novembro de 2017

Desempenho acadêmico: 8 maneiras de avaliar o aprendizado dos alunos

As relações de ensino e aprendizagem nas instituições foram completamente ressignificadas nos últimos anos, e muitas dessas mudanças são decorrentes da inserção de tecnologias no cotidiano de professores e alunos. O momento de avaliação também foi reconfigurado e, hoje, existem várias maneiras alternativas de avaliar o aprendizado dos alunos.

Para além das provas e trabalhos usuais, estão disponíveis ferramentas — em sua maioria digitais — que auxiliam os professores no processo de análise de desempenho. Tais ferramentas podem ser tanto relacionadas ao aprendizado e absorção do conteúdo, quanto em relação ao engajamento e envolvimento dos alunos.

O que essas ferramentas trazem de novo?

Elas possibilitam uma visão mais ampla e completa dos processos pedagógicos, deixando para trás a ideia de que avaliações devem ser feitas apenas através de provas, em um período específico do trimestre. Além disso, são importantes para os professores promoverem uma avaliação e um acompanhamento mais contínuos, fato que impacta quantitativa e qualitativamente o desempenho dos estudantes.

Por isso, listamos aqui 8 opções diferentes para você incluir no seu plano de aula. Confira:

  • Debates em classe

Promover debates em sala de aula, com preparação e planejamento, é uma forma de envolver toda a turma em uma dinâmica que foge da rotina das aulas. Os alunos podem ser divididos em grupos que vão discutir sobre determinada temática e defender seus argumentos, que serão embasados em pesquisas realizadas previamente.

Aqui, o professor deve atuar como mediador, elencando os pontos a serem discutidos, o tempo de cada apresentação e a interação entre as equipes.

  • Fóruns online

Discussões online, fora do ambiente da sala de aula, são essenciais para complementar o aprendizado dos alunos e avaliar a participação dos alunos. O ambiente virtual age como uma extensão da sala de aula, e é importante que o professor também faça a mediação da discussão, definindo o assunto do fórum e o período que será avaliado.

  • Fichamentos semanais

Fichamentos são resumos que os alunos devem produzir sobre determinado conteúdo. Podem ser elaborados em formato de tópicos, texto corrido, ou, ainda, através de perguntas que surgem a partir do tema, e servem como aparato para revisões e estudos futuros.

Não necessariamente os fichamentos devem ser atividades que valem pontos, mas são de extrema importância para a fixação do conteúdo e para avaliar como os alunos estão absorvendo as matérias.

  • Gamefication

Promover jogos e exercícios que envolvem alguma bonificação aos alunos é uma ferramenta que está em alta! Além de se aproximar do universo dos estudantes, que estão em contato constante com aplicativos e jogos online, aplicar a gameficação nas escolas é uma forma de incentivar a participação dos alunos e atualizar os métodos de ensino.

  • Glossário

O glossário é um exercício feito coletivamente, por toda a turma. Ele consiste em uma construção coletiva de um dicionário com termos e definições que são indispensáveis aos alunos, para a compreensão de determinada disciplina. Por ser uma atividade realizada em conjunto, a avaliação pode ser individual ou em grupo.

  • Auto-avaliação

Dar espaço aos alunos para que eles façam uma análise crítica do seu desempenho é essencial para que os professores possam detectar pontos passíveis de melhoria ou conteúdos que precisam ser reforçados. Além disso, é sempre importante validar a eficiência dos métodos de ensino para o aprendizado dos alunos.

  • Entrevistas em grupos

Encontros junto à turma, dividida em grupos de 5 a 7 pessoas, promovem um intercâmbio de informações tanto para os estudantes quanto para os professores. O encontro presencial e em grupos pequenos é importante para um acompanhamento mais personalizado e para que as demandas de ambos os lados sejam pautadas, visando, assim, maior produtividade e rendimento.

  • Diário

Cada aluno deve produzir seu diário de bordo que, após algum tempo, será lido pelo professor. Esse é um método que permite avaliar o engajamento dos alunos e de que maneira eles apreendem o conteúdo. O ideal é que a cada aula seja produzido um relato, para que a avaliação seja frequente e os feedbacks sejam específicos de cada encontro.

Gostou? Metodologias não convencionais podem ser muito eficazes para potencializar os resultados dos estudantes e auxiliar os professores durante as avaliações.

 

Aproveite para curtir nossa página no Facebook e fique por dentro de mais conteúdos sobre Tecnologia e Educação!