O papel do Diretor de Instituição de Ensino

10 de novembro de 2021
diretor instituição de ensino

Administrar, liderar, delegar, inspirar. Essas são apenas algumas das atribuições esperadas de um diretor de Instituição de Ensino. Responsabilidades tão diversas exigem um profissional versátil, preparado para resolver conflitos e, acima de tudo, humano.

Ao longo de décadas, criou-se no imaginário popular a ideia do diretor-carrasco, que castiga os alunos e conduz as escolas e universidades com mãos de ferro.

Pois para comemorar que no dia 12 de Novembro celebramos o Dia do Diretor, vamos desconstruir esse pensamento ultrapassado e mostrar quais as funções e competências de um diretor de instituição de ensino dentro dos paradigmas de ensino do século XXI.

O que um Diretor de Instituição de Ensino faz?

Diretores na Educação Básica

O diretor de uma Escola de Educação Básica acumula funções administrativas e pedagógicas, que vão desde a gestão do setor administrativo e financeiro até mediações na relação do corpo docente com os alunos e seus familiares.

Além disso, por representar uma figura de autoridade tanto para estudantes quanto professores, o diretor tem um papel fundamental no dia a dia escolar no que se refere a estimular os envolvidos e garantir a qualidade do processo de aprendizado.

Algumas atribuições do diretor na educação básica incluem:

  • Encabeça o planejamento da instituição, tanto no âmbito administrativo quanto pedagógico.
  • Institui indicadores de aprendizagem, onde seja possível mapear os índices de aprovação, reprovação, evasão escolar, entre outros, a fim de traçar estratégias para melhorar a qualidade do ensino.
  • Promove conselhos de classe e traça planos de ação para resolver possíveis problemas.
  • Zela pelo patrimônio escolar e fornece as condições de infraestrutura para que todos desempenhem suas atividades.
  • Pesquisa e investe em tecnologias que facilitem a rotina escolar e fomentem o conhecimento.
  • Faz o controle financeiro da instituição.

Diretor na Educação Superior.

Quando falamos em IES, o papel do diretor contém algumas particularidades importantes.

De acordo com o Censo da Educação Superior de 2017, 87,9% do ensino superior no Brasil é composto por instituições privadas.

Este dado pode não parecer tão relevante quando pensamos no papel do diretor, mas trata-se de uma característica de mercado que interfere diretamente no trabalho dele.

Somando isso ao crescimento do EAD (Ensino à Distância) e aos níveis crescentes de evasão acadêmica, passa a ser uma função do diretor pensar em estratégias que visem uma melhoria constante na qualidade acadêmica, resultando em maior prestígio para a instituição, que por sua vez, se torna mais competitiva no mercado.

Entre outras atribuições de um diretor de Instituição de Ensino Superior estão:

    • Buscar a modernização e melhoria da qualidade do ensino da IES, através de ações concretas.
    • Criar estratégias para captação e gestão de permanência de alunos.
    • Cuidar do posicionamento de marca da Instituição de Ensino.
    • Estar atento aos dados do MEC, Enade e demais indicadores de educação superior. Bem como dados de mercado que indiquem a posição da IES em relação às suas concorrentes.
    • Dar suporte aos docentes nas suas atividades do dia a dia.
    • Observar os índices financeiros da Instituição.
    • Zelar pela manutenção e expansão da infraestrutura.

Competências e Habilidades de um bom Diretor de Instituição de Ensino

Diretor de Instituição de Ensino

Durante muito tempo, profissionais da área sentiam falta de um documento universal que delimitasse as habilidades e competências de um diretor de Instituição de Ensino.

Até que, em dezembro de 2020, seguindo discussões que já aconteciam na ONU, UNESCO e em outras organizações internacionais, o Ministério da Educação (MEC) lançou a Matriz Nacional Comum das Competências do Diretor Escolar.

Apesar de se tratar de um texto inicial e que ainda precisa de adaptações, alguns pontos resumem quais habilidades e competências são esperadas de um diretor de Instituição de Ensino. São eles:

  • Parceria com as famílias e comunidade.
  • Gerenciamento de recursos para garantir a organização escolar.
  • Compromisso com a formação continuada dos professores.
  • Participação ativa no processo de aprendizagem dos alunos, adotando uma postura de monitoramento, mas que também estimule o engajamento da equipe.
  • Proatividade para buscar diferentes soluções para os problemas escolares, investindo sempre no uso da tecnologia.
  • Valorização dos recursos humanos e das relações interpessoais dentro da instituição.
  • Apreço por uma gestão participativa e democrática, em que professores, alunos, funcionários, pais e responsáveis se sintam ouvidos.
  • Exercício da empatia e do diálogo na solução dos problemas.
  • Respeito aos direitos humanos e valorização da diversidade.

Otimizando o tempo e gerindo melhor: como fazer? 

Como percebemos, entre competências humanas e administrativas, são diversas as questões que disputam a atenção de um diretor de Instituição de Ensino no seu dia a dia.

Sendo assim, torna-se cada vez mais indispensável o uso da tecnologia a fim de facilitar a gestão do tempo e permitir o foco em atividades essenciais.

Por exemplo, está entre as atribuições do diretor observar o desempenho dos alunos e assim traçar estratégias que melhorem o rendimento escolar.

Antigamente, os dados sobre esse desempenho precisariam ser recolhidos e estudados através de um exaustivo processo manual.

Porém, atualmente, existem ferramentas capazes de fazer esse levantamento, permitindo que o diretor invista mais tempo na busca por soluções e em outras atividades da sua rotina.

Traga a tecnologia para a sua Instituição com a Prova Fácil

Através das soluções oferecidas pela Prova Fácil, não apenas a rotina do diretor pode ser otimizada, mas de toda a equipe docente, o que trará benefícios para o funcionamento da Instituição de Ensino no geral.

Além da facilidade para a obtenção de dados que ajudarão a estruturar os planejamentos de ensino, a plataforma oferece ajuda para a elaboração e correção de avaliações, diminuindo além do tempo gasto, as chances de erros e os custos operacionais.

Leve a Prova Fácil para sua Instituição