fbpx
  • Posts
  • Materiais
  • Artigos
  • Cases
  • Tutoriais
ISTE

Empodere alunos através da reflexão sobre seu desempenho

Olhe para os olhos da pessoa ao seu lado. Agora, esboce um desenho. Observando o desenho pronto, como você se sente? Como acha que poderia tê-lo feito melhor?

É com um simples exercício de observação que a dupla americana Rupa Gupta e Eric Bjornstad apresenta a pesquisa realizada na Universidade de Chicago para expor a importância de se desenvolver a habilidade de metacognição dos alunos em sala de aula. Segundo o estudo, tanto a auto-observação quanto a auto-avaliação são ferramentas importantes de metacognição para estimular os estudantes a regularem seus comportamentos e para aprenderem melhor. Isso porque quando os professores dão feedbacks periódicos através de avaliações formais ou informais, os alunos entendem melhor quais são as estratégias trabalhadas com eles e onde eles precisam melhorar.

Para que isso aconteça, os pesquisadores elaboraram uma plataforma para acompanharem o desenvolvimento da habilidade de reflexão dos alunos. Através dela, os professores organizam o acompanhamento dos alunos em dois ciclos: o ciclo de tarefas (para desenvolvimento de habilidades) e o ciclo de avaliações (para que atinjam os objetivos das disciplinas). Em ambos, devem ser cobradas as reflexões dos alunos acerca da nota que obtiveram.

Como provocar a reflexão?

Embora quantificada em gráficos dessa plataforma, a habilidade de fazer refletir em sala de aula pode parecer um tanto abstrata à primeira vista. Sabendo disso, o estudo da Universidade de Chicago provê exemplos e dicas para os professores que busquem implementar o método em sala de aula. Confira algumas delas:

  • Comece simples, mas seja consistente. Faça da reflexão uma rotina.
  • Mapeie as habilidades aprendidas a cada unidade e questione seus alunos sobre esse processo
  • Customize as perguntas que geram reflexão para que elas sejam específicas para o contexto dos alunos e de cada atividade
  • Identifique uma boa reflexão: Ela deve refletir sobre estratégias específicas, ser detalhada com as ações que irão provocar a aprendizagem futura e devem ter conexão emocional.
Mau exemplo de reflexão Bom exemplo de reflexão
“Vou fazer melhor na próxima” “Observei minha escrita e percebi alguns erros de gramática e ortografia. Passei a escrever mais devagar, assim consigo reparar meus erros”

Por fim, a pesquisa expõe também uma escala de 1 a 4 para avaliação da reflexão dos alunos, em que 1 representa uma reflexão que descreve a atividade feita sem indicar as ações a serem continuadas, ajustadas ou pausadas e 4 representa reflexões que contam com referências específicas, contexto e detalhes suficientes sobre o que melhorar e como isso afeta suas performances futuras.

A pesquisa Empower Students Through Goal-Setting and Reflection foi apresentada na ISTE Conference 2018 – Confira mais sobre a nossa participação aqui!

Aproveita e saiba como utilizar diversos aplicativos gratuitos para avaliar melhor seus alunos!

planejamento de aulas


Veja mais

Tecnologia da informação

Como fazer a gestão do seu EaD com o Prova Fácil?

A administração de qualquer instituição de ensino depende de dados. São eles que direcionam as próximas ações, sinalizam quais práticas pedagógicas são melhores e como a atuação deve ocorrer em…

VER MAIS POSTAGENS

Pesquisa

MAIS LIDAS

Conheça quais são os tipos de avaliação de aprendizagemComo elaborar provas que realmente ajudam na aprendizagem?A importância da tecnologia na Educação e como ela impacta na performance​ de alunos e professoresComo criar um banco de questões inteligente?Como evitar cola durante as provas? Veja 4 dicas!O que é correção automática de provas?

As melhores soluções para gerenciar as suas avaliações

SIGA-NOS