Ferramentas para Professores: Conheça 5 novas Tecnologias Educacionais

25 de outubro de 2017

Ferramentas para professores: Conheça 5 novas tecnologias educacionais


Na era da informação, as tecnologias se atualizam em uma velocidade exponencial, que nem sempre damos conta de acompanhar. Diariamente, surgem novos aplicativos e plataformas que nos auxiliam em várias atividades, inclusive, no acesso à informação e transmissão de conhecimento.

 

A área da Educação passou por várias transformações ao longo das décadas, bem como as relações que se estabelecem em sala de aula. Hoje em dia, a dinâmica de aprendizado é diretamente ligada às tecnologias educacionais, que já fazem parte da rotina de professores e alunos, modificando o modelo tradicional de ensino.

 

Afinal, o que são as tecnologias educacionais?

Agora, o professor não é mais o único transmissor de conhecimento, nem os livros são as únicas fontes de pesquisa. Ambos mantêm sua importância, é claro, mas existe o desafio de adequar os métodos de aprendizagem ao cenário digital no qual estamos inseridos.

 

Tecnologias educacionais são ferramentas pedagógicas que dão suporte para professores, alunos e para a instituição de ensino como um todo. Elas tornam a prática de aprendizado mais dinâmica, envolvente e interativa, e seu uso já se configura como uma tendência global.

 

Listamos aqui 5 tecnologias que você, professor, não pode deixar de conhecer e adotar. Confira:

  • Sistema de Gestão de Provas(SGP)

Um SGP automatiza tarefas que tomariam muito tempo do professor — como elaborar e corrigir provas, por exemplo — executando-as em questão de minutos. Além disso, é um banco de questões e de dados sobre as turmas, que funciona de maneira prática e totalmente segura.

  • Nuvem

Uma das grandes tendências já estabelecidas é o armazenamento em nuvem. A nuvem é uma maneira simples e segura de guardar, acessar e compartilhar dados, onde quer que você esteja, sem correr o risco de esses dados serem perdidos ou hackeados.

O Google Drive é um forte representante desse modelo de serviço, pois permite o armazenamento de arquivos na nuvem do Google, além da criação de documentos, planilhas e apresentações — que podem ser compartilhadas com pessoas em qualquer lugar do mundo.

  • Gameficação

Essa é outra tendência que se fortalece ano a ano, inclusive no ambiente escolar. A gameficação diz respeito à aprendizagem por meio de jogos eletrônicos. Esses jogos, por serem parte da rotina e do repertório dos estudantes, contribuem para maior envolvimento e concentração no processo de aprendizagem, o que gera resultados efetivos no desempenho.  

  • Assistentes virtuais

Já existem funcionalidades de inteligência artificial capazes de fazer a leitura de dados da instituição, mapeando páginas mais acessadas e conteúdos mais buscados, por exemplo. Essa é uma forma de auxiliar na identificação de necessidades mais urgentes, métodos que devem ser implementados, etc.

  • Aplicativos

Apps de lembretes, listas, controle de tarefas e pesquisa de conteúdos são ótimos parceiros dos professores. Eles ajudam a organizar, lembrar e desafogar a rotina, que é sempre atribulada para um profissional da Educação. Neste artigo, você conhece alguns aplicativos que podem ser muito úteis para você inovar em suas aulas.

  • E como inserir as tecnologias educacionais na escola?

Como toda transição, deve haver uma pesquisa para garantir a viabilidade das mudanças, e um plano de ações para que a inserção dessas tecnologias seja executada de maneira prudente e incluindo alunos, professores, diretores, pais e todos os envolvidos no processo educacional.

O que você achou do nosso conteúdo? Possui mais alguma dica de ferramenta bacana? Responda aqui nos comentários.