Gestão do Conhecimento e os gaps de aprendizado

12 de dezembro de 2014
gestao do conhecimento

As instituições de ensino precisam se voltar cada vez mais para o envolvimento e interesse dos alunos pelo conhecimento e, mais que isso, precisam acompanhar suas trajetórias dentro da escola para entender se estão absorvendo da melhor forma possível tudo que vem sendo proposto. Os gaps de aprendizado refletem não só na formação dos alunos, mas também nos métodos e práticas pedagógicas adotadas pela instituição.

Quando os gaps de aprendizado se tornam evidentes é mais fácil perceber sua gravidade e viabilizar soluções. Contudo, nem sempre as escolas e os profissionais envolvidos no processo conseguem visualizar esses gaps, e é aí que os estudantes acabam sofrendo o impacto, onde, pela falta de acompanhamento mais próximo, se formam sem de fato estar preparados para as exigências sociais e profissionais.

gestão do conhecimento

Conheça 3 formas de identificar gaps no aprendizado na sua instituição:

  1.  Psicólogo e pedagogo: esses profissionais tem um papel mais importante dentro das escolas que os próprios professores, coordenadores e gestores educacionais podem imaginar. É com a ajudar deles que se pode perceber o quanto os alunos têm desenvolvido e, principalmente, o quanto a vida fora da escola tem impactado no seu desenvolvimento escolar.
  2. Por meio da aprendizagem adaptativa os professores e demais envolvidos no processo educacional conseguem perceber o quanto os alunos têm progredido e, principalmente, quais sãos as habilidades e fraquezas de cada um.
  3. O uso de recursos tecnológicos, sem dúvidas, também contribuem para identificar gaps no aprendizado. E isso é possível quando as instituições utilizam ferramentas e recursos que promovem a interação dos alunos, aperfeiçoam o processo de avaliação e possibilitam aos professores desenvolver um trabalho mais focado nas necessidades dos estudantes.

É importante ressaltar que não basta apenas identificar esses gaps de aprendizado: as instituições precisam se preparar para propor soluções que melhorem este cenário. As soluções acima citadas não são pontuais; pelo contrário, exigem uma atuação diária e constante e, por isso, as instituições precisam se planejar e se estruturar para colocar tais práticas em ação.

Reforçamos sempre a importância do envolvimento de todos os profissionais no acompanhamento e evolução dos alunos. É através do trabalho colaborativo e participativo dos professores, gestores, coordenadores e diretores que se torna possível alcançar melhores resultados para a instituição. Afinal, quando se investe na formação dos estudantes e estes mostram melhorias, consequentemente a instituição cresce e ganha destaque por seus feitos.

banco de questões