fbpx
  • Posts
  • Materiais
  • Artigos
  • Cases
  • Tutoriais
Tecnologia da informação

Importância de um software para elaborar prova nas instituições de ensino

Em períodos de transformação digital e mudança nos sistemas de ensino, é preciso conhecer a importância de um software para elaborar prova. Essa solução, como já indicamos neste post, serve para criar questões a partir de um banco parametrizado, de acordo com as normas definidas pela instituição.

Esse conceito já evidencia que o sistema diminui de maneira significativa o tempo de elaboração das avaliações. No entanto, os benefícios são ainda maiores. Com ele, o professor tem mais tempo para cuidar daquilo que é realmente importante e atuar de forma estratégica.

Em outras palavras, isso significa que há uma atenção maior aos conteúdos ministrados em sala de aula, o que contribui para os resultados alcançados. Esse é um dos motivos que justificam a importância do software de elaboração de provas.

Quer saber mais? Acompanhe este post e entenda o assunto!

A importância do software de elaboração de provas

Os sistemas de gestão de provas têm a função de elaboração das avaliações. Seu escopo é mais amplo e voltado para o gerenciamento de todas as etapas envolvidas no processo. No que se refere à criação das perguntas, a ideia é usar a tecnologia para criar questões padronizadas e que seguem as diretrizes da instituição de ensino.

Para chegar a esse patamar, é preciso que o banco de questões seja parametrizado com a matriz de conteúdo da escola ou universidade. Assim, ficam definidos os critérios a serem seguidos por todos os docentes.

Nesse momento, você pode perguntar: qual é a importância desse sistema? Mais que facilitar a criação de avaliações, o software de elaboração de prova visa a uma maior padronização. Com isso, fica mais fácil obter e comparar dados dos estudantes para identificar pontos fortes e fracos.

Os dados tornam o processo de ensino-aprendizagem mais inteligente, porque fornecem ao docente as informações necessárias para direcionar o conhecimento repassado em sala de aula. Além disso, o docente é capaz de melhorar os resultados obtidos em sala de aula. Quer saber como? É só continuar lendo e entender quais são as vantagens de fazer avaliações com frequência.

As vantagens da avaliação frequente

O ensino brasileiro, de modo geral, está aquém do esperado. Poucas instituições de ensino se destacam — e a maioria corre atrás dos prejuízos. Isso é confirmado pela avaliação internacional de Educação Básica, o Pisa.

Nesse processo, 61% dos estudantes brasileiros não finalizam nem a primeira parte da prova. Na Colômbia, outro país da América do Sul e vizinho do Brasil, o índice é de 18% — apenas a título de comparação.

Dos 70 países e territórios analisados, o Brasil está 55ª colocação. O desempenho ruim precisa ser mudado — e não é preciso implementar nenhuma fórmula mágica. O ideal é adotar estratégias já comprovadas, que contribuam com a melhoria dos resultados.

Essas ações se refletem em benefícios derivados das avaliações frequentes. Vamos listar os principais a partir de agora.

Mensuração dos indicadores de qualidade

Os indicadores servem para dar um norte ao professor e ao gestor da instituição de ensino. São eles que indicam o que precisa ser trabalhado. Para ter uma ideia, desde o início da aplicação do Prova Brasil, o total de escolas que aumentou sua nota e até superou a meta estabelecida para 2021 foi 66 vezes maior.

Isso acontece porque há uma orientação maior do trabalho pedagógico. Por exemplo: se os professores identificam falhas no ensino de matemática, é preciso criar ações que viabilizem o aprendizado, como implementar jogos, utilizar vídeos e reproduzir situações vivenciadas no dia a dia.

Perceba que os indicadores ruins nem sempre indicam que o professor é ruim. Na verdade, o importante é compreender quais ações são ineficazes e precisam, portanto, ser mais bem trabalhadas.

Além disso, apesar de o dado citado ser referente à Educação Básica, esse tópico vale para qualquer instituição de ensino, inclusive as de nível superior. Em resumo, a mensuração de indicadores de qualidade é uma maneira eficiente de saber o que precisa ser ajustado e o que já é positivo.

Melhoria do planejamento

As instituições de ensino precisam planejar a grade curricular anual e quais conteúdos serão trabalhados. Com a análise de dados, fica fácil determinar quais conteúdos devem ser reforçados e até trabalhados por mais tempo.

Os softwares de elaboração de provas contribuem tanto para a coleta de dados quanto para a definição de quais questões devem ser utilizadas. Para definir esses critérios, você deve adotar as diretrizes da própria instituição e até mesmo as avaliações nacionais, como Enem, Enade e outras. Assim, tem uma ideia clara dos conteúdos a serem repassados.

Tenha em mente que as avaliações nunca devem ser limitadoras. Pelo contrário, devem ajudar a escola a promover o desenvolvimento integral dos estudantes, a partir do alinhamento ao projeto pedagógico.

Compreensão dos gaps de aprendizado

O processo de ensino-aprendizagem apresenta diferentes gaps, que devem ser trabalhados para evitar problemas. Essas lacunas orientam as estratégias que precisam ser traçadas para tornar o repasse de conhecimento mais eficiente.

A partir delas, o professor tem embasamento para testar formas de trabalhar os conteúdos e aplicar provas. Ele também consegue retomar os assuntos de acordo com a periodicidade adequada e implementa o ciclo de ensino de maneira mais efetiva.

Essas vantagens são conquistadas pela metodologia Team Based Learning (TBL). Vamos entendê-la melhor em seguida.

A metodologia TBL

A chamada aprendizagem baseada em equipes é uma estratégia colaborativa e empregada para grupos de alunos. Sua finalidade é ajudar os alunos a compreenderem os conceitos ensinados.

Como isso acontece? Por meio das atividades colaborativas, que são aplicadas para o estudante e seus colegas. Para obter o máximo aproveitamento, é preciso seguir quatro princípios:

  • os grupos precisam respeitar a capacidade intelectual dos alunos;
  • os estudantes se responsabilizam pelo trabalho em equipe e pré-aprendizado;
  • as ações visam à promoção do desenvolvimento e aprendizado da equipe;
  • os alunos devem receber feedbacks imediatos e constantes.

A partir dessas diretrizes, a metodologia TBL deve embasar a elaboração das aulas e das provas. Veja como isso acontece!

Preparação da aula

Os membros que fazem parte do grupo recolhem materiais sobre o assunto em discussão. Os conteúdos são permitidos em vários formatos, como vídeos, textos, áudios e mais.

Teste de garantia de prontidão

O Readiness Assurance Test (RAT) é a aplicação de um teste individual que contém entre 5 e 20 questões de múltipla escolha. Depois disso, as avaliações são refeitas em grupo. O objetivo é estimular os alunos a discutirem o assunto e contribuírem com os outros participantes.

Exercícios

Esse é o momento em que os estudantes solucionam situações-problema. A ideia é definir em grupo qual é a melhor saída para resolver a questão e chegar a uma conclusão. Cabe ao professor promover um debate em sala de aula a partir das proposições feitas pelos alunos.

Em suma, o propósito é fazer com que as avaliações sejam feitas individualmente e em grupo. Essa é a metodologia empregada nos cursos do Hospital Israelita Albert Einstein. As avaliações são aplicadas ao final de todas as aulas. Essa avaliação constante é permitida por um software de gestão de provas, nesse caso, o Prova Fácil.

Por meio dele, os docentes criam os testes, que já são diagramados. Depois é só imprimi-los e a correção é feita de forma online. Com isso, é mais fácil alcançar bons resultados junto a um trabalho facilitado.

Com essa explicação, fica fácil entender a importância de um software para elaborar prova. Essa é uma maneira simples de aperfeiçoar o processo de ensino-aprendizagem e compreender pontos fortes e fracos dos estudantes. A consequência é uma situação de ganha-ganha, em que alunos e professores são beneficiados.

E você, já aplica essa ideia na sua instituição de ensino? Tem alguma experiência a compartilhar? Deixe seu comentário! Aproveite e assista como a ONG Bem Mudar utiliza o Prova Fácil para transformar a realidade da Educação Básica:

E então? Converse sem compromisso com um de nossos especialistas e entenda o que o Prova Fácil pode fazer pela sua instituição!

software para criar prova


Veja mais

Materiais

[Checklist] da Transformação Digital na Educação

Esse post é um trecho do Checklist da Transformação digital, um material que mostra como os setores – seja da Educação Básica ou Supeior – precisam se atentar se quiser adentrar…

Materiais

[Infográfico] História das avaliações: de onde surgiram?

Esse post é um trecho do Infográfico História das Avaliações, um material que mostra um apanhado histórico das avaliações no Brasil e no mundo até a atualidade, bem como sua importância…

VER MAIS POSTAGENS

Pesquisa

MAIS LIDAS

Conheça quais são os tipos de avaliação de aprendizagemComo elaborar provas que realmente ajudam na aprendizagem?A importância da tecnologia na Educação e como ela impacta na performance​ de alunos e professoresComo criar um banco de questões inteligente?Como evitar cola durante as provas? Veja 4 dicas!O que é correção automática de provas?

As melhores soluções para gerenciar as suas avaliações

SIGA-NOS