fbpx
  • Posts
  • Materiais
  • Artigos
  • Cases
  • Tutoriais
Tutoriais

Modelo de prova: conheça as possibilidades do Prova Fácil Soluções

Quando uma instituição opta por um software de gestão de avaliações é preciso considerar inúmeros fatores, tais como: a segurança oferecida, o know how da empresa e, claro, se ela possui diferenciais que atendam a realidade de várias instituições ー como é o caso da Prova Fácil.

A Prova Fácil possui soluções para quem precisa avaliar seus alunos, treiná-los para exames, medir a satisfação deles em relação à instituição e, também, para selecionar por meio de vestibulares contínuos e processos seletivos. Ainda dentro desses quatro modelos distintos de avaliação, a Prova Fácil oferece três modelos de provas: o dinâmico, o estático e a folha de resposta. Confira as especificidades de cada um.

Modelo estático

O modelo de prova estático é o mais simples deles. Ao escolhê-lo, o professor pode criar as questões ou buscá-las dentro de um banco parametrizado usando diversos filtros, que variam de acordo com a indexação escolhida pela instituição.

Na tela inicial de criação, o sistema exibe o cabeçalho com o nome da avaliação, o professor responsável e as instruções gerais de prova ー que é padrão e definida previamente pela instituição. Além dela, instruções específicas para a prova em questão também podem ser adicionadas, juntamente com anexos como, por exemplo, tabela periódica, fórmulas matemáticas, imagens, etc.

É possível também vincular um determinado curso ou disciplina à um modelo de prova e configurar o nível de permissão, fazendo com que um usuário veja somente os modelos que ele mesmo cadastrou, todos os modelos de seu curso/disciplina ou qualquer modelo cadastrado no ambiente.

Na página seguinte é possível adicionar uma nova questão através do banco ou manualmente, e excluir uma já existente. Além disso, é possível trocar a ordem das questões e o valor de cada uma. Ao lado o sistema mostra um preview geral da prova com: o total de questões, de seções, de itens, o valor da prova, além de um botão de pré visualização que exibirá o pdf exatamente como será gerado para os alunos, permitindo validar diagramação e disposição de imagens e tabelas.

Dentro do menu de configuração é possível alterar a numeração inicial das questões, definindo uma numeração específica indicando questão a questão a sua numeração, exemplo: o 2° dia do ENEM os cadernos começam na questão 91. Também é possível randomizar as questões ou alternativas, ou ambas ao mesmo tempo, dessa forma, as avaliações terão o mesmo conteúdo porém em ordem diferente ー o que impossibilita o aluno de colar.

Modelo dinâmico

Assim como no modelo anterior, a página inicial exibe as instruções de prova gerais e permite a adição de novas. E o sistema também selecionará questões do banco para elaborar a prova, porém, diferentemente do anterior, essa seleção ocorre de maneira totalmente automática. Ao professor cabe apenas definir as “regras” para a seleção, que podem ser: quantidade de questões, a disciplina, o conteúdo, o tipo, o grau de dificuldade e randomização ー por itens, questões, alternativas ou todas simultaneamente.

Suponha que a disciplina escolhida seja de a matemática. O conteúdo pode ser geometria, determinantes, trigonometria, ou qualquer outro ー a depender da matriz de conteúdo de cada instituição. Ela pode ser objetiva ou discursiva, sendo que esta pode ser configurada para ser respondida por último.

Definida as regras, o sistema se encarrega de criar a avaliação com base em um sorteio 100% aleatório, apenas priorizando as questões inéditas.

Dentro do modelo de prova dinâmico, a instituição pode escolher usar o banco de questões de forma totalmente aleatória ou priorizar as questões menos usadas. Outra configuração possível é definir se turmas diferentes dentro do mesmo grupo de agendamentos terão um conjunto de questões igual ou diferente permitindo gerar provas iguais ou diferentes dentro do mesmo grupo de agendamentos.

Folha de resposta

modelo de prova gabarito preenchido

Nos dois casos anteriores há a criação de um caderno de questões, enquanto que no modelo de folha de resposta é criado apenas um gabarito. Ou seja, a prova em si será elaborada e diagramada fora do sistema da Prova Fácil.

No entanto, o Prova Fácil permite configurar as questões desse gabarito de diversas formas: definir a disciplina ー o que permite a aplicação de mais de uma disciplina na mesma avaliação ー, definir a dificuldade e o valor. Além disso, para que não haja o trabalho de seleção manual das alternativas em caso de muitas perguntas, é possível inserir as respostas em lote. O gabarito também possui um cabeçalho nominal por aluno e código de barra para a correção automática via scanner.

*Entre em contato com o nosso suporte ou o seu gestor para verificar disponibilidade das funcionalidades em sua instituição.

Viu só quantas funções Prova Fácil disponibiliza só no âmbito de criação de avaliações? Sem contar as demais áreas em que ele atua. Elas são suficientes para atender as especificidades de instituições de todos os tamanhos e dos mais variados segmentos!


Veja mais

Artigos

Avaliação docente: qual sua importância?

Nas instituições de ensino, o mais comum é os alunos serem analisados e receberem uma nota condizente com o conhecimento apresentado. No entanto, a avaliação docente também é fundamental. Por…

VER MAIS POSTAGENS

Pesquisa

MAIS LIDAS

A importância da tecnologia na Educação e como ela impacta na performance​ de alunos e professoresComo elaborar provas que realmente ajudam na aprendizagem?Como ter um banco de questões inteligente com o Prova Fácil?O que é correção automática de provas?Como evitar cola durante as provas? Veja 4 dicas!10 dicas para economizar tempo com a correção de prova

As melhores soluções para gerenciar as suas avaliações

SIGA-NOS