Planejamento do segundo semestre: Por que sua Instituição deve pensar nisso agora?

4 de março de 2022
Planejamento do segundo semestre

A era da incerteza parece estar ficando para trás. Apesar dos cuidados ainda necessários, já é possível fazer prospecções para o futuro e isso passa pelo planejamento do segundo semestre do ano letivo de 2022.

O surgimento de novas variantes e o aumento de casos de COVID-19 no início deste ano acenderam um sinal de alerta: será que as incertezas sobre o amanhã continuariam por mais tempo?

Porém, ao que tudo indica, alguns fatores nos dão a tranquilidade de que podemos pensar no futuro sem a chance de grandes surpresas. Alguns deles são:

  • O avanço da vacinação, que já atinge mais de 70% da população brasileira.
  • As novas metodologias de ensino, como o ensino híbrido, que podem garantir a continuidade do processo pedagógico com segurança.
  • A experiência adquirida nos dois anos de pandemia, que fez alunos e professores se adaptarem e desenvolverem novas habilidades.

Mas não é cedo demais para um planejamento do segundo semestre? 

Muitas pessoas podem pensar que, independente da sensação de incerteza ter dado uma trégua, ainda é cedo demais para começar a pensar no que vai acontecer após as férias de julho, mas a verdade é exatamente o contrário.

É preciso se planejar com o máximo de antecedência para que haja tempo de implementar as mudanças necessárias e evitar surpresas desagradáveis.

Mas e o planejamento anual? 

Imaginamos que o planejamento anual da instituição já está pronto e deve ser respeitado. Porém, é importante frisar que ele não é imutável.

Novas necessidades surgem a cada dia e o planejamento da IES precisa ser flexível para incorporar as necessidades dos alunos conforme elas se apresentam.

O segundo semestre é momento de mudanças?

Mudar a rota no meio do percurso pode parecer uma atitude imprudente, mas muitas vezes é necessário.

Principalmente se levarmos em conta que o segundo semestre tende a ser mais curto e mais corrido, devido a quantidade de datas relevantes para a vida do aluno que acontecem neste período. Dentre elas estão a realização de exames, provas e processos seletivos.

Tudo isso deve ser levado em conta na hora do planejamento, além da certeza de que mudanças não devem ser temidas.

planejamento do segundo semestre

Dicas para o seu planejamento do segundo semestre 

Faça com que o planejamento do segundo semestre seja um projeto colaborativo

Por envolver decisões que afetam a instituição como um todo, o planejamento do segundo semestre deve contar com a participação de todos os agentes que compõem o dia a dia acadêmico.

Por fazerem parte da linha de frente, é fundamental que os professores tenham voz ativa tanto na concepção quanto na implementação do planejamento. Mas isso não é o suficiente: é imprescindível que também sejam ouvidos funcionários e alunos.

Quando falamos a respeito do ensino remoto, por exemplo, muitos alunos enfrentam dificuldades com o modelo, seja por questões de baixos recursos ou de dificuldades no aprendizado. 

É preciso ouvir todos os lados e buscar soluções que atendam às diversas necessidades. 

Neste exemplo específico, muitas IES estão adotando o ensino híbrido como uma alternativa conciliadora.

Saiba mais sobre o ensino híbrido e o seu papel para a educação em 2022!

Se atente ao calendário! 

Outro motivo pelo qual o planejamento do segundo semestre é tão importante: é nele que está concentrada a maior quantidade de datas academicamente relevantes.

É nesta época do ano que os alunos entrarão em processos seletivos para ingressarem em uma pós ou segunda graduação, por exemplo.

Além disso, é preciso estar atento às datas de provas como a da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e o ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), tanto para preparar os alunos quanto para não sobrecarregá-los, marcando outras atividades em datas próximas.

Neste ano, o ENADE será realizado no dia 27 de novembro.

Já a OAB fará duas edições no segundo semestre de 2022: a primeira será realizada nos dias 03 de julho e 28 de agosto, e a segunda nos dias 30 de outubro e 18 de dezembro.

Aplique um diagnóstico se ainda não o tiver feito 

Já entendemos que não é preciso esperar o começo do próximo ano letivo para aplicar mudanças. Muito pelo contrário: quanto antes os problemas forem identificados e resolvidos, melhor. 

Porém, como saber em tão pouco tempo quais mudanças são necessárias?

Uma excelente estratégia é o uso de avaliações diagnósticas, ou seja, avaliações aplicadas não com o objetivo de testar o desempenho do aluno, mas de identificar os pontos fortes e fracos nos métodos da própria instituição.

As avaliações diagnósticas fornecem dados que podem ser decisivos nas escolhas de rumo do planejamento do segundo semestre.

Baixe nosso infográfico sobre avaliações diagnósticas e entenda melhor a sua importância!

Eleve o patamar da sua Instituição instalando tecnologia de ponta 

E já que falamos em utilizar as avaliações como ferramentas para identificar a necessidade de mudanças, isso implica em um sistema de provas moderno, tanto na aplicação quanto na coleta de resultados.

E essa modernidade só pode ser conseguida através do investimento em tecnologias, como o software de correção de provas Prova Fácil!

Reconhecida como a melhor solução para provas do Brasil, a Prova Fácil oferece um suporte tecnológico capaz de amparar suas tomadas de decisão com base em dados concretos, claros e obtidos com facilidade.

Entenda melhor sobre a importância da tecnologia na correção de redações!

Inclua a Prova Fácil no seu planejamento!

Já que a hora de tomar decisões é agora, que tal começar com aquela que vai tornar todas as outras mais fáceis?

Com a Prova Fácil, além dos dados que vão ajudar a entender o melhor caminho para a sua instituição, você ainda poderá avaliar o desempenho de cada aluno individualmente, melhorando a qualidade da educação e potencializando a experiência dos estudantes.

Faça a escolha certa:Inclua a Prova Fácil no seu planejamento e conte com a gente para elevar o nível das avaliações da sua Instituição.