fbpx
  • Posts
  • Materiais
  • Artigos
  • Cases
  • Tutoriais
Artigos

Como um bom processo seletivo te ajuda na captação de alunos

Não é de hoje que temos cada dia mais pessoas entrando no ensino superior. Segundo dados do SEMESP (Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior), houve um aumento no número de ingressantes nas IES em 2016 (último ano que foram colhidos os dados) de 6% com relação ao último ano. O total são de 6 milhões de matriculados em alguma IES. Se olharmos o EAD, o aumento chegou a 9%. Esse crescimento mostra a importância de se posicionar na hora da captação de alunos, pois o mercado continua aquecido.

Mas quais são as melhores formas ter uma boa captação de alunos? O Prova Fácil chamou a BRG Educacional para ajudar nessa questão e mostrar como o processo seletivo pode ser um fator decisivo nesse momento.

Bom, antes dele se transformar em aluno, precisa ser um lead (pessoas que são potenciais clientes que têm interesse na IES). Existem muitas formas de fazer isso, vamos passar algumas estratégias para te ajudar.

Estratégias de captação de alunos

Como foi mencionado acima, são muitas possibilidades de captar um lead. Você pode começar com a publicidade tradicional, usar os meios digitais, participar de feiras de profissões, visita às escolas ou mesmo abordagem na saída de provas. Esses contatos iniciais vão te dar os desejados leads . Veja como utilizar cada um dessas possibilidades:

Feira de profissões

Uma das formas mais conhecidas e utilizadas pelas IES: a feira de profissões ajuda a mostrar seu portfólio de cursos, estreitar relacionamento com alunos e, claro, gerar leads.

Para instituições que possuem uma grande variedade de cursos e áreas de conhecimento e também uma grande estrutura, pode ser uma opção viável. Um dos pontos fracos dessa estratégia é que acaba sendo oneroso, como qualquer grande evento. Profissionais envolvidos, estrutura e todo o suporte para os alunos. Outro ponto fraco é que acaba sendo muito trabalhoso para conseguir atingir bons resultados. Isto porque é um grande esforço gerenciar um evento. E também haveria a necessidade de gastar energia para atrair as pessoas até o mesmo.

Visita às escolas

Outra maneira de gerar leads e apresentar sua marca para alunos em potencial é visitar as escolas. Seja para dar uma palestra ou mesmo para se apresentar como uma opção de escolha para os alunos, entrar numa escola pode ser um grande potencial de gerar leads.

Essa alternativa tem uma grande dificuldade: não é tão simples entrar numa escola. Muitas instituições de ensino fundamental e médio não dão muito abertura, além de algumas delas já pertencerem a outros grupos que possuem IES.

Publicidade tradicional

Sempre que chega a época de vestibulares e do ENEM, acabamos vendo uma grande quantidade de comunicação das instituições de ensino superior. A publicidade é uma ótima maneira de gerar brand awareness (reconhecimento de marca).

Uma das grandes dificuldades com relação à publicidade tradicional é que ela exige um alto investimento. TV, rádio, jornal, outdoor e outros meios que acabam tendo um custo elevado para alcançar pessoas – que podem nem fazer parte do público desejado.

Abordagem na saída de provas

Outra alternativa muito utilizada por diversas instituições é abordar estudantes na entrada ou saída de provas de vestibular e ENEM.

Pode ser usando balinhas, barra de cereal, lápis e caneta. Essa estratégia visa mostrar ao aluno que sua instituição é uma possibilidade, além de gerar uma aproximação. Deve-se ressaltar que o estudante está com outro foco naquele momento e não dará muita atenção para o contato realizado.

No geral, essa ação costuma ser interessante para mostrar a marca, mas pode gerar um efeito contrário do pretendido e não conseguir atrair o público desejado.

Meio digital

Outra forma que se tornou muito habitual é utilizar a internet para essa geração de leads. Por poder segmentar o público de maneira única, ter possibilidade de um investimento menor que outras mídias e ter resultados satisfatórios, muitas IES têm usado essa estratégia.

Algumas formas bastante usadas para a captação de leads são: webinars (onde um conteúdo de vídeo é oferecido para ensinar algo), ebooks (materiais completos sobre algum assunto específico) e landing page (uma página de conversão apresentando a IES).

O meio digital também ajuda na mensuração e acompanhamento de resultados.

Estratégias de captação de alunos

Depois de captar seu lead, é hora de converter a matrícula. Aqui também tem muitas estratégias, como: email marketing, call center, produção de conteúdo e o assunto do nosso artigo, o processo seletivo.

Email marketing

Se sua IES possuir uma régua de relacionamento, o lead pode cair diretamente no fluxo de email marketing e um dia se tornar seu aluno. Não é tão simples na prática quanto na teoria, mas é um meio que normalmente é bem barato, além de poder ser automatizado.

Call center

Se possuir a estrutura de um call center, ligar para seu lead também é uma estratégia bastante utilizada. O cuidado deve ser com as conhecidas “cold calls”, quando ligamos para um lead sem ter um contato prévio. Mas pode ser uma boa maneira de fechar vendas, principalmente quando há um contato mais próximo com o futuro aluno.

Produção de conteúdo

Essencial para manter a atenção do lead em sua IES. Esse conteúdo pode ser elaborado para um blog, redes sociais, newsletter ou outro meio. O importante é que a produção de conteúdo tem uma grande responsabilidade na hora de convencer o lead. Pode não parecer, mas um bom conteúdo é capaz de dar um grande aumento na captação de alunos.

Agora falaremos de uma parte que não é muito percebido pela maioria das IES e que pode ser um grande diferencial, o processo seletivo.

O processo seletivo e a captação de alunos

Muitas instituições pensam que por ter atraído o lead para fazer seu processo seletivo, o trabalho já esteja feito e é só o comercial entrar com algum desconto arrebatador e terá mais uma matrícula garantida. Segundo um estudo feito pela nossa plataforma, a média de conversão após a candidatura em algum processo é de apenas 9%. Sim, esses números podem variar conforme a região, forma de ingresso ou até mesmo porte da instituição, mas no geral o quadro é esse mesmo.

Muitos fatores podem afetar o não ingresso de um candidato numa instituição, como: questões financeiras, propostas em outras instituições e mudança de cidade são alguns que se destacam, porém há outros.

Mas pense aqui comigo, qual é uma das primeiras formas que o candidato entra em contato com a estrutura da IES não é através do processo seletivo? E não seria incrível ter um processo organizado, rápido, de fácil acesso e de respostas ágeis?

Como diz o ditado, “o diabo vive nos detalhes”. Desprezar essa parte pode ser uma brecha para perder algumas boas oportunidades. Muitas vezes, a demora para correção de uma prova, por exemplo, faz com que os candidatos se dispersem e acabem optando por outra instituição.

Um outro fato que pode ajudar na captação de alunos é ter uma plataforma de geração de provas e correção automática. Em tempos onde o EAD tem crescido, ter a mão dispositivos que agilizem o processo e façam com que o candidato não tenha que percorrer grandes distâncias para fazer a prova, por exemplo, é importante.

Se tua IES consegue integrar o sistema de provas com a agilidade de correção, isso com certeza é um diferencial que poderá aumentar consideravelmente a taxa de conversão. Ou seja, uma boa experiência já no processo seletivo, pode ser um fator decisor para matrículas.

Conclusão

Você já pôde perceber como é importante para sua IES ter um bom processo seletivo. Isso não deixa de lado todas as outras estratégias, que são bem necessárias, mas ajuda a entender como uma visão completa da experiência do candidato pode fazer toda a diferença.

Que a sua IES tenha uma excelente captação de alunos e também um bom sistema de gestão de provas para os próximos ciclos.

educação no brasil


Veja mais

Materiais

[Checklist] da Transformação Digital na Educação

Esse post é um trecho do Checklist da Transformação digital, um material que mostra como os setores – seja da Educação Básica ou Supeior – precisam se atentar se quiser adentrar…

Materiais

[Infográfico] História das avaliações: de onde surgiram?

Esse post é um trecho do Infográfico História das Avaliações, um material que mostra um apanhado histórico das avaliações no Brasil e no mundo até a atualidade, bem como sua importância…

VER MAIS POSTAGENS

Pesquisa

MAIS LIDAS

Conheça quais são os tipos de avaliação de aprendizagemComo elaborar provas que realmente ajudam na aprendizagem?A importância da tecnologia na Educação e como ela impacta na performance​ de alunos e professoresComo criar um banco de questões inteligente?Como evitar cola durante as provas? Veja 4 dicas!O que é correção automática de provas?

As melhores soluções para gerenciar as suas avaliações

SIGA-NOS