O que é SAEB?

26 de julho de 2022
saeb

O SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica) é um processo de grande importância, tanto para as escolas e alunos, quanto para a construção de uma educação de maior qualidade à nível nacional. 

Realizado desde 1990, o Sistema de Avaliação da Educação Básica é um dos principais indicadores da qualidade da educação no Brasil.

Através dos seus resultados, todos os agentes que atuam em favor da educação podem traçar estratégias para melhorar seus processos pedagógicos.

Isso vai desde o Ministério da Educação, passando pelas Instituições de Ensino Básico e seus professores, até chegar às famílias que terão acesso a informações mais concretas sobre o aprendizado de seus filhos e o desempenho das escolas.

Justamente por isso, é importante que a sua Instituição conheça esse Sistema de Avaliação, entenda as suas particularidades e prepare seus alunos para mais esta etapa importante rumo à construção de uma educação de qualidade.

O que é o SAEB?

Em poucas palavras, o SAEB é um conjunto de avaliações aplicadas aos alunos do Ensino Básico com a intenção de realizar um diagnóstico da realidade da educação básica brasileira e de fatores que podem interferir no desempenho dos estudantes.

Por meio de testes aplicados na rede pública de ensino e em parte da rede privada, os resultados obtidos oferecem subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas nacionais de educação.

É através da média do desempenho dos estudantes no SAEB, somada aos índices de aprovação, reprovação e abandono apurados pelo Censo Escolar, que é obtido o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

A unificação de exames anteriores

O SAEB passou por muitas mudanças e reformulações nos últimos anos.

Uma das mais significativas delas ocorreu em 2019, quando foram unificadas todas as avaliações padronizadas do Ministério da Educação.

Com isso, exames como a ANA (Avaliação Nacional de Alfabetização), a ANEB (Avaliação Nacional da Educação Básica) e a Prova Brasil tiveram suas competências assumidas pelo SAEB.

Quem faz o SAEB?

Desde 2021, ficou determinado que os exames serão aplicados anualmente para os alunos do 2º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio, além da avaliação da Educação Infantil a cada dois anos.

No caso das Instituições Públicas, o exame é obrigatório. Já para as escolas particulares, ele é facultativo.

No entanto, mesmo que a sua sua Instituição seja privada, existem algumas vantagens em fazer parte do Sistema de Avaliação da Educação Básica, por exemplo:

  • Permite que a escola adquira um olhar crítico sobre a qualidade da educação oferecida, recebendo um feedback sobre seus pontos fracos e buscando melhorias.
  • Aumenta a confiança dos pais e responsáveis, que se sentirão mais seguros quanto à educação de seus filhos.
  • Ajuda na reputação da Instituição, que poderá apresentar dados que comprovem a qualidade dos seus métodos pedagógicos.
  • Fornece dados para melhoria da educação à nível nacional, contribuindo com o Ministério da Educação e toda a sociedade.

Matrizes do exame

Os testes do SAEB são elaborados com base nas matrizes de referência, que são instrumentos norteadores para a construção de itens.

Essas matrizes são estipuladas levando em conta conhecimentos e habilidades que se espera que os estudantes tenham desenvolvido durante a sua jornada pela Educação Básica.

Elas são definidas por professores e pesquisadores, que entram em um consenso sobre quais competências avaliar em cada etapa do Ensino Básico, sempre respeitando o que diz a legislação educacional brasileira.

Desde 2019, as matrizes do SAEB são:

  • Ciências da Natureza
  • Ciências Humanas
  • Linguagens / Língua Portuguesa
  • Matemática

Como o SAEB funciona?

Aplicado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), mesmo órgão responsável pelo Enem, o SAEB está passando por mudanças ano a ano, a fim de se adequar cada vez mais às normas da BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

O objetivo é que, até 2025, os exames estejam completamente alinhados com o documento normativo.

Porém, as mudanças que ainda estão por vir devem ficar restritas às matrizes e à adequação dos conteúdos nas diferentes séries, as metodologias e objetivos principais dos exames devem permanecer os mesmos de 2021.

Entre as mudanças significativas recentes está o fato de que, a partir de 2021, o SAEB passa a funcionar como uma espécie de Enem Seriado, ou seja, os alunos podem utilizar as notas obtidas nessas avaliações para ingressar em universidades.

Contudo, é importante ressaltar que o Sistema de Avaliação do Ensino Básico não substitui o Exame Nacional do Ensino Médio, trata-se apenas de mais uma maneira do aluno ingressar no Ensino Superior.

A importância das avaliações formativas

Segundo o presidente do Inep, Alexandre Lopes, a ampliação do SAEB para todos os anos da Educação Básica a partir do 2º ano do Ensino Fundamental, tem o objetivo de fortalecer o Sistema de Avaliação do Ensino Básico como um instrumento de avaliação formativa.

Ou seja, uma avaliação capaz de fornecer dados concretos sobre o aprendizado dos alunos, suas necessidades e a qualidade geral da educação oferecida no Ensino Básico.

Esse tipo de avaliação é de extrema importância para garantir que eventuais problemas pedagógicos sejam diagnosticados precocemente e corrigidos, permitindo que o desenvolvimento dos alunos não seja prejudicado.

Contudo, o SAEB não é o único modelo de avaliação formativa. Elas podem ser aplicadas pela própria instituição ao longo do ano, contando com uma série de métodos para auxiliar na aplicação.

Desta forma, a escola não apenas estará mais preparada para entender o SAEB, como também não precisará esperar por ele para refinar seus processos, encontrar seus pontos fracos e corrigir a rota caso seja necessário.

Saiba mais sobre as avaliações formativas e como aplicá-las!

Preparando sua Instituição para o Sistema de Avaliação da Educação Básica

Como já vimos, preparar a Instituição e os seus alunos para o SAEB é de extrema importância.

Além das avaliações formativas, outro método importante para identificar possíveis problemas na Instituição são as avaliações diagnósticas.

A principal diferença entre as avaliações diagnósticas e outros modelos avaliativos é que a sua intenção é avaliar apenas a Instituição, não os alunos. 

O foco é entender se as metodologias aplicadas estão funcionando, buscando resultados mais analíticos e qualitativos.

Lendo sobre todas essas formas de avaliação pode parecer que se preparar para o SAEB é algo muito complicado, mas a Prova Fácil está aqui para te ajudar!

Com o Sistema Prova Fácil, você consegue organizar, aplicar e corrigir as avaliações da sua escola, sejam elas regulares, formativas ou diagnósticas.

E depois de corrigidas, você recebe um relatório completo com os dados necessários para tomar decisões, mudar o que precisa ser mudado, ampliar o que estiver dando certo e aumentar a excelência do processo pedagógico e da experiência do aluno.

Com isso, quando chegar a hora do SAEB, seus estudantes estarão mais preparados e ele não será apenas um ponto de partida para identificar problemas, mas a consolidação de um projeto rumo à educação do futuro.

Conheça o Sistema Prova Fácil e prepare seus alunos para o SAEB ao mesmo tempo em que transforma a realidade da sua Instituição!