fbpx
  • Posts
  • Materiais
  • Artigos
  • Cases
  • Tutoriais
Tecnologia da informação

Software para elaborar prova: o que é, e tudo o que ele pode fazer pela sua Instituição!

O processo de ensino-aprendizagem abrange diferentes atividades, que vão desde a construção de conhecimento por parte do professor até a aplicação de testes para verificar os conteúdos internalizados. Nesse contexto, os softwares para elaborar prova contribuem para otimizar o trabalho dentro e fora de sala de aula.

É preciso compreender que elaborar provas é uma forma de planejar o conteúdo a ser ministrado a cada período do ano letivo. Por isso, mais que uma atividade burocrática, é uma tarefa que deve ser valorizada. Por meio dela, são obtidos dados úteis, que ajudam a aperfeiçoar o trabalho do professor em sala de aula e reconhecer quais são as habilidades dos estudantes.

Devido à importância dessa prática, neste artigo vamos explicar a relevância da avaliação no processo de ensino-aprendizagem, qual é o conceito dos sistemas voltados à elaboração de provas e quais são os benefícios atingidos. Acompanhe!

A importância da prova para o aprendizado dos estudantes

Durante muito tempo, houve uma discussão sobre a relevância das avaliações para a aprendizagem do aluno. As pessoas que eram contra justificavam que a educação é um processo complexo e que envolve muitos fatores intangíveis. Por isso, não deveria ser quantificada.

O problema é que a falta de avaliação deixa de lado o aspecto gerencial, imprescindível para aperfeiçoar os resultados alcançados. Também é por meio das provas que se torna possível fazer um bom planejamento a partir de dados confiáveis e uma metodologia acertada.

É assim que os docentes definem quais conteúdos serão ministrados, a fim de cumprir as diretrizes do Ministério da Educação (MEC) e preparar os estudantes para as próximas etapas de suas vidas.

Apesar disso, uma pesquisa do Prova Brasil indicou que apenas 51% dos docentes do Ensino Fundamental desenvolvem 80% do conteúdo planejado para o ano. Ainda há 11% que fizeram menos de 60% do que deveriam ter repassado aos estudantes. Os entrevistados foram diretores, professores de 5º a 9º anos e alunos.

Outros dados de aprendizagem

Entre os professores do 9º ano, 45% entregaram, pelo menos, 80% do conteúdo previsto, segundo a mesma pesquisa. Na outra ponta, no 5º ano, o percentual alcançou 55%.

Em relação ao tempo utilizado em sala de aula, 91% dos docentes destacaram que despendem até 20% do período com a execução de atividades administrativas, por exemplo, preenchimento de formulários ou realização de chamadas. Cerca de outros 20% são utilizados para manter a disciplina dos estudantes, conforme 70% dos professores destacou.

Além disso, 57% dos professores destacam que tem menos de 80% do tempo de aula para ministrar conteúdo. Isso faz com que muitos estudantes não tenham acesso a assuntos importantes.

Essa situação também faz com que, ao sair do Ensino Médio, somente 7,3% dos alunos aprendem o mínimo esperado em matemática e 27,5% em português.

Com isso, os estudantes brasileiros têm dificuldade com a avaliação internacional da educação básica, o Pisa. De acordo com outro levantamento, 61% dos brasileiros nem terminaram a prova parte da prova, sendo que o percentual é de 6% entre os finlandeses e de 18% entre os colombianos.

Segundo esse estudo, os principais problemas são a falta de habilidade de fazer provas e o baixo conhecimento das disciplinas e das competências socioemocionais, como a resiliência.

Já entre os motivos que justificam esse cenário, segundo o levantamento da Prova Brasil, está o fato de 66% dos professores trabalharem 40 horas ou mais na semana, sendo que 40% deles atuam em duas ou mais instituições de ensino. É nesse momento que os softwares de elaboração de provas mostram sua relevância.

Eles ajudam a evitar o gap de aprendizado existente no ensino, ou seja, o descompasso entre o que é pedido nas provas e o que é repassado em sala de aula é diminuído. Assim, a nota do Brasil em avaliações externas e internacionais tende a melhorar — e sua instituição de ensino alcança melhores resultados.

O que é o software para elaborar prova?

Os sistemas de gestão de provas são soluções criadas para gerenciar os diferentes aspectos das avaliações. Por meio da tecnologia, é possível otimizar o tempo e aproveitar os dados históricos para gerar resultados mais inteligentes — esse é o objetivo, inclusive, da transformação digital na educação.

Assim, esse software permite elaborar os testes automaticamente e de maneira bastante rápida. Isso ocorre a partir de um banco de questões inteligente, parametrizado com a matriz de conteúdo da instituição. Em outras palavras, são definidos critérios a serem seguidos na elaboração das provas.

Quando o professor utiliza o sistema, tem três opções de provas para criar:

Modelo estático

O banco parametrizado é utilizado para selecionar as melhores questões a partir da aplicação de filtros. Se preferir, o professor também pode criar perguntas. Além disso, um curso ou disciplina são passíveis de vinculação a um modelo de provas específico.

Modelo dinâmico

A seleção das questões no banco parametrizado é feita automaticamente. O docente define as regras, como disciplina, conteúdo, quantidade de questões, nível de dificuldade, randomização, entre outras diretrizes.

Folha de respostas

O foco é a criação de um gabarito, porque a prova é elaborada e diagramada fora do sistema de gestão.

Com esses modelos de provas, você consegue abranger questões objetivas e discursivas, todas as disciplinas e formatos de avaliação. Esse uso possibilita ao professor focar mais a preparação das aulas e usar seu tempo de maneira estratégica, a fim de melhorar o ensino-aprendizagem.

As vantagens do software para elaborar prova

Os benefícios do uso desse sistema são variados, tanto para os professores e a instituição de ensino quanto para os estudantes. No primeiro caso, a principal vantagem é que as avaliações ficam prontas de maneira automática, de acordo com as regras criadas. Ainda assim, depois disso elas passam por aprovação.

Como são elaboradas e diagramadas, há economia de tempo por parte dos professores. Além disso, os testes são mais inteligentes, porque o banco de questões é escaneado. Em outras palavras, as questões antigas são reaproveitadas, em vez de se perderem em meio aos processos manuais, comuns em instituições de ensino.

Para os alunos, as vantagens passam pela atenção maior que o professor oferecer. O docente consegue fazer avaliações com mais frequência e identificar as falhas de aprendizagem. A consequência é o recebimento mais rápido dos feedbacks. Assim, o estudante sabe quais conteúdos precisa rever e identifica seus pontos fracos.

Em suma, os softwares para elaborar provas são alternativas excelentes para aprimorar o processo de ensino-aprendizagem, ao mesmo tempo que são poupados tempo, esforços e custos do professor. Essa é uma maneira estratégica de evitar que sua instituição de ensino integre as pesquisas que indicamos, já que apontaram as falhas do sistema brasileiro.

Então, você está preparado para melhorar o processo educacional da sua instituição de ensino? Aproveite para saber mais sobre revisão de prova, como reduzir o tempo de correção e otimizar esse processo.

software para elaborar prova

 


Veja mais

Vida de professor

Conheça quais são os tipos de avaliação de aprendizagem

Quais são os tipos de avaliação da aprendizagem utilizados na sua escola? Se você responder que toda a base é feita em provas, saiba que sua instituição de ensino está…

VER MAIS POSTAGENS

Pesquisa

MAIS LIDAS

A importância da tecnologia na Educação e como ela impacta na performance​ de alunos e professoresO que é correção automática de provas?Como ter um banco de questões inteligente com o Prova Fácil?10 dicas para economizar tempo com a correção de provaComo evitar cola durante as provas? Veja 4 dicas!Como elaborar provas que realmente ajudam na aprendizagem?

As melhores soluções para gerenciar as suas avaliações

SIGA-NOS

ASSUNTOS