Tecnologia nas provas do Ensino Médio: como incluir e revolucionar os processos avaliativos em sua escola

4 de junho de 2021

Contar com a tecnologia para as avaliações do Ensino Médio é um ótimo caminho para quem deseja se modernizar.

A tecnologia anda de mãos dadas com a Educação. Porém, você sabe como aplicar a tecnologia nas provas do Ensino Médio?

De acordo com uma pesquisa da Promethean, 78,8% dos professores concordam que a tecnologia os ajuda a fazer seu trabalho melhor. Em contrapartida, 33,9% acreditam que as escolas em que trabalham alocam pouco orçamento para a tecnologia.

Portanto, por um lado temos que a grande maioria concorda com os benefícios da tecnologia, mas por outro vemos que o investimento fica aquém do ideal para que este objetivo possa se transformar em realidade.

É importante lembrar ainda que as provas do Ensino Médio terão que passar por algumas mudanças significativas. Afinal, o Novo Ensino Médio já bate à porta, e com novos conteúdos e itinerários formativos, também será preciso pensar em novas formas de avaliar.

As soluções da Prova Fácil trazem toda a tecnologia que escolas, professores, coordenadores, diretores e estudantes precisam para otimizar suas rotinas. Nos acompanhe na leitura para ter algumas dicas de como trazer a tecnologia para as avaliações, o que certamente revolucionará sua escola de uma vez por todas.

O uso da tecnologia nas provas tradicionais do Ensino Médio

Quando pensamos em avaliações tradicionais, logo remetemos a modelos como provas objetivas e dissertativas. Embora não sejam as únicas opções disponíveis, sua eficácia é inegável.

O uso da tecnologia permite que elas continuem a ser aplicadas, com a diferença de que a execução será muito mais simples. Afinal, os estudantes podem fazer as provas em computadores ou notebooks, cujo uso é ainda mais prático que os tradicionais papel e caneta.

Com isso, além de um ganho significativo de tempo (já que geralmente se digita mais rápido do que se escreve), eles ainda não precisam se preocupar com erros no preenchimento das provas, já que é possível mudar as alternativas e apagar as dissertações a qualquer momento.

Além disso, a correção das questões objetivas é feita automaticamente e os alunos recebem o feedback imediatamente em seu e-mail. As discursivas ficam disponíveis em uma plataforma online para correção e o professor pode, inclusive, destacar trechos como se estivesse corrigindo no papel.

Caso haja o desejo de manter com as provas impressas, quer por preferência ou por não ter dispositivos para todos os alunos, ainda é muito vantajoso aplicar a tecnologia nas provas do Ensino Médio, já que os gabaritos podem ser escaneados para correção automática.

Funciona assim: cada aluno recebe uma folha de resposta individual, com seu nome e número de matrícula, além de um QR Code que ajuda na auditoria do processo, caso necessário. Então, por meio de um scanner ou smartphone, a folha é escaneada e a correção é feita automaticamente.

Com isso, o professor ganha tempo e eficiência, duas qualidades capazes de influenciar positivamente em sua rotina de trabalho.

Leia também: Como utilizar o Prova Fácil para correção automática de provas? e Como fazer correção online de dissertativas?

O uso da tecnologia em novas formas de avaliação

Conhecer modelos de provas diferentes é fundamental para estar de acordo com as exigências do Novo Ensino Médio, já que os processos avaliativos também precisam acompanhar essa renovação.

Entre esses modelos, podemos ressaltar aqueles que dependem diretamente de recursos tecnológicos, como fóruns e projetos colaborativos online. Porém, todos eles podem se beneficiar da tecnologia nas provas do Ensino Médio para melhorar sua execução.

Com o auxílio da tecnologia, o professor tem um amplo universo de possibilidades, como criar um grupo no WhatsApp ou em alguma rede social para que os alunos debatam sobre diferentes assuntos. Então, o professor pode avaliar os estudantes de acordo com a sua participação.

Possibilidades não faltam, graças à riqueza que a tecnologia proporciona.

Confira também: A importância da tecnologia na Educação e como ela impacta na performance​ de alunos e professores

Sugestões de novas metodologias de aprendizagem utilizando a tecnologia

Um conceito que está em alta atualmente é o de metodologias ativas. Basicamente, elas colocam o estudante como protagonista no processo de ensino-aprendizagem, diferente do que costuma acontecer com a metodologia passiva, com aulas mais expositivas, porém sem tanta participação direta dos alunos.

Um exemplo é a aprendizagem baseada em desafios (Challenge Based Learning, ou CBL), que como o nome indica, propõe que a aprendizagem se dê por meio de atividades desafiadoras propostas pelo professor. Assim, o aluno tem mais liberdade e espaço, além de um incentivo aos estudos.

Na CBL, a tecnologia é indispensável para pesquisar, comunicar, criar e documentar, o que mostra como a tecnologia nas provas do Ensino Médio também está perfeitamente alinhada com as metodologias ativas.

Bônus: Como os dados dessas avaliações podem ajudar a instituição?

A tecnologia nas provas do Ensino Médio é capaz de beneficiar todos os envolvidos, também por conta de algo de muito valor que é gerado com o auxílio de recursos e ferramentas tecnológicas: dados.

Quando se utiliza um sistema de gestão de provas, como as soluções da Prova Fácil, todas as informações inseridas e coletadas pelo SGP são utilizadas para a construção de um verdadeiro banco de dados, as quais são transformadas em informações relevantes para o processo de ensino-aprendizagem.

Com isso, é possível acompanhar o desenvolvimento de cada aluno ao comparar seu desempenho em diferentes provas ao longo do ano, além de saber quais questões das atividades são mais difíceis por seu percentual de erros – o que também pode indicar que aquele assunto precisa de um reforço.

Essa inteligência educacional é capaz de colocar sua escola em outro patamar de conectividade, o que também é benéfico para pôr em prática a aprendizagem adaptativa, com provas e exercícios adaptados de acordo com o desenvolvimento de cada estudante.

Portanto, além da execução, o uso da tecnologia nas provas do Ensino Médio também ajuda no controle e no planejamento, o que ressalta ainda mais como essa é uma alternativa capaz de mudar a realidade da sua instituição de ensino de uma vez por todas.

Para saber mais sobre o Novo Ensino Médio, que também deve revolucionar o sistema educacional brasileiro, baixe gratuitamente o e-book que a Prova Fácil preparou. Assim, você entenderá, na prática, a influência que a tecnologia exercerá sobre essa nova realidade que já bate à porta!

Baixe o e-book do Novo Ensino Médio