Tendências na educação: Tecnologia em sala de aula

28 de julho de 2014
tendências na educação

Conteúdo compartilhado, dispositivos móveis, jogos digitais, inteligência colaborativa. Consegue visualizar tudo isso em uma sala de aula? Talvez o impacto ainda seja grande, tendo em vista que o Brasil tem muito que avançar tecnologicamente. Mas, os termos acima citados são tendências em tecnologia para educação que, aos poucos, vão se tornar necessidade evidente nas escolas públicas e privadas do país.

No Brasil, todo esse processo de introdução das novas tecnologias da informação e da comunicação na educação esbarra em deficiências básicas de infraestrutura, falta de capacitação de professores e até mesmo ao fato das instituições estarem muito presas a métodos de ensino enrijecidos, não dando espaço para mudanças.

Hoje, já é comum ver os alunos com seus próprios dispositivos móveis, professores com seus conteúdos e provas digitalizadas e até mesmo a parte administrativa de uma instituição se valendo de recursos tecnológicos. No entanto, as tendências das quais estamos falando vão além. Professores trabalhando de forma efetiva com a tecnologia no processo pedagógico, conteúdos educacionais digitais, qualidade da conexão da internet, uso de aplicativos em dispositivos móveis, como tablets e celulares, aprendizagem baseada em jogos, uso pedagógico das redes sociais, etc.

Como as novas tecnologias vão entrar nas salas de aula

Tudo isso pode parecer muito distante da realidade das escolas brasileiras, mas o processo já está em andamento. Se a tecnologia tem facilitado a vida das pessoas fora do ambiente educacional, por que não levar isso para dentro dessas instituições? Porém, para que isso aconteça efetivamente é preciso fazer rupturas no processo atual. As escolas e os profissionais que a compõe, precisam se abrir para essas mudanças.

Se os celulares, tablets e games eram os vilões das salas de aula, as coisas podem mudar. Esses dispositivos representam exatamente a conexão dos alunos uns com os outros, é através deles que o processo de construção do conhecimento se amplia e se torna cada vez mais dinâmico.

As novas tendências tecnológicas de educação caminham para a criação de ambientes colaborativos (espaços online que visam facilitar a colaboração e o trabalho em grupos), onde os alunos são convidados a criar conteúdos próprios, compartilhar uns com os outros e de qualquer lugar que estejam ter fácil acesso a esses materiais. Esses recursos tecnológicos têm o importante papel de facilitar o processo de compartilhamento de idéias, informações.

A expectativa é que a evolução tecnológica avance no âmbito educacional a ponto de todos os alunos terem acesso igualitário à informação, que a geração de conhecimento dentro da escola seja de forma rápida e compartilhada, que professores possam usar jogos online e aplicativos móveis, possibilitando experiências educacionais, estimulando o trabalho em equipes, experimentando novos conceitos, etc. E claro, que a quantidade de equipamentos por alunos e a qualidade da conexão propiciem essas mudanças.

tendencias na educação