Text to Speech: Como funciona o recurso de leitura em voz alta?

15 de julho de 2022
leitura-em-voz-alta-prova-facil-acessibilidade

A preocupação com acessibilidade é algo crescente em todos os setores da sociedade, inclusive na área da educação. E um dos recursos para tornar o ambiente acadêmico mais inclusivo é a ferramenta Text to Speech.

A luta das pessoas com deficiência para ocupar espaços que sempre lhe foram negados é histórica e pode ser observada em diversos contextos e ambientes diferentes.

Porém, quando olhamos para educação, as dificuldades de acesso ficam ainda mais evidentes.

Dados apontam que cerca de 67% das pessoas com deficiência nunca tiveram acesso à educação formal ou possuem apenas o ensino fundamental incompleto. Se analisarmos as pessoas sem deficiência, esse número cai para 30%.

Esses dados fazem saltar aos olhos a necessidade de medidas que visem incluir pessoas com deficiência no cenário educacional, especialmente no Ensino Superior, onde o acesso é ainda mais dificultado.

Desde 2016, a Lei de Cotas passou a abranger pessoas com deficiência. Mas apenas isso não é o suficiente, pois existem diversas barreiras que vão além da legislação e que dificultam o acesso ao Ensino Superior para um grande número de pessoas.

Para ajudar a transpor algumas dessas barreiras, ferramentas desenvolvidas através de Inteligência Artificial buscam tornar o ambiente acadêmico mais acessível: é o caso do Text to Speech.  

O que é Text to Speech?

O Text to Speech, ou TTS, é uma ferramenta tecnológica que converte texto em fala. Também conhecida como recurso de leitura em voz alta, esta ferramenta permite que pessoas com deficiência visual tenham acesso ao conteúdo escrito.

Atualmente, empresas como o Google e Microsoft oferecem APIs capazes de conectar o recurso de leitura em voz alta a outros sistemas e aos seus navegadores, por exemplo.

Qual a importância do recurso de leitura em voz alta?

acessibilidade-text-to-speech

O Text to Speech é uma ferramenta com potencial para promover a acessibilidade e democratização da educação em diversos níveis. Alguns grupos que podem se beneficiar com este recurso são:

  • Pessoas com algum tipo de deficiência, que já correspondem a cerca de 8,5% da população brasileira.
  • Pessoas com algum grau de dificuldade de leitura, que podem corresponder a cerca de 15 a 20% da população mundial.
  • Imigrantes que ainda estejam se adaptando à língua de seu novo país, que correspondem a um número aproximado de 244 milhões de pessoas no mundo.
  • Idosos que estejam retomando os estudos, grupo de pessoas que tende a crescer 56% até 2030.
  • Pessoas com diferentes estilos de aprendizagem, por exemplo, aqueles que retém mais informações através da audição ou da combinação de audição e leitura.

Complementando a acessibilidade: somando o Text to Speech às avaliações agendadas

A acessibilidade não pode se limitar a uma única ferramenta, precisando ser um pensamento enraizado em todas as esferas e tomadas de decisão das Instituições de Ensino.

Sendo assim, outro recurso que pode funcionar como um excelente complemento ao Text to Speech é o módulo de agendamento de avaliações.

Através dele, o aluno (ou candidato, no caso de vestibulares) pode agendar o dia, horário e local onde vai fazer sua prova, tornando possível adaptar tanto a avaliação quanto a sua logística de aplicação às mais diversas necessidades.

Por exemplo, no caso de pessoas com deficiência de mobilidade, o módulo de agendamento permite a realização de provas presenciais em locais que facilitem a sua locomoção.

Já pessoas com deficiência visual, auditiva ou intelectual, que precisem de um auxiliar para a realização da prova (ou mesmo da confecção de uma prova especial), também podem ser beneficiadas com as funcionalidades do módulo de agendamento.

Além das vantagens relacionadas à acessibilidade, o módulo de agendamento de avaliações apresenta outros benefícios relacionados à logística dos processos avaliativos.

Do lado dos professores, por exemplo, trata-se de uma ferramenta que facilita desde a aplicação das provas até a correção, já que não haverá uma grande quantidade de provas para serem corrigidas de uma só vez.

Leia mais sobre o módulo de agendamento de avaliações!

Bônus: ENEM digital e acessibilidade

Outro bom motivo para trazer iniciativas de acessibilidade para a sua Instituição desde o momento do vestibular é que elas estão se tornando um diferencial de mercado, sendo aplicadas inclusive pelo ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Há algum tempo, o ENEM já disponibiliza alguns recursos de acessibilidade como a videoprova em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e provas com textos e imagens ampliados.

Agora, além destes recursos, o ENEM passa a oferecer também o leitor de tela para alunos com cegueira, baixa visão ou visão monocular. E as redações escritas em braile serão corrigidas, pela primeira vez, através do Sistema Braile.

Essas medidas deverão beneficiar cerca de 47 mil participantes, além de servirem de exemplo, mostrando que pensar em acessibilidade é algo primordial em qualquer processo avaliativo.

Veja mais dicas para levar para o vestibular da sua Instituição!

Avaliações de qualidade para todos é com a Prova Fácil!

Trazer a acessibilidade para a sua Instituição de Ensino pode não ser uma tarefa simples, já que envolve desde mudanças de mentalidade até o investimento em softwares e tecnologias modernas, como é o caso do Text to Speech.

Porém, tudo fica mais fácil quando você tem um Sistema de Gestão de Provas que consegue reunir as mais modernas tecnologias para potencializar a experiência de todos os estudantes. Esse é o caso da ferramenta Prova Fácil!

Desde o módulo de agendamento até funcionalidades específicas para personalizar tanto suas avaliações regulares quanto processos seletivos, o Sistema ainda facilita a rotina dos professores e oferece relatórios completos de aprendizado.

Tudo isso para garantir que todos os alunos recebam uma experiência de excelência, que os ajude a transpor as barreiras e se consolidar no mercado de trabalho.

Conheça a nossa ferramenta e ofereça uma educação moderna, inclusiva, acessível e de qualidade inquestionável!