Vazamento de questões: Como evitar esse problema em uma IES

21 de setembro de 2017

Segundo uma pesquisa realizada pela PSafe, startup que desenvolve aplicativos de segurança e performance digital, o Brasil foi o segundo país mais atingido por vazamento de dados em 2016. Tanto grandes quanto pequenas empresas podem ser vítimas desse problema: as instituições de ensino, por sua vez, enfrentam, com frequência, situações de vazamento de questões. O que pode ser feito para aumentar a segurança e evitar que isso aconteça?

Mais uma vez, a tecnologia aparece como aliada. Existem diversas configurações e ferramentas que podem — e devem! — ser implementadas para que seu banco de dados se mantenha protegido. Confira algumas orientações importantes:

O primeiro passo é garantir que a primeira tentativa de invasão de dados já seja barrada, e isso não será possível se sua senha for simples ou óbvia. Por isso, certifique-se de que suas senhas contenham caracteres especiais e sejam diferentes uma das outras. Caso contrário, com apenas um clique o hacker poderá acessar todos os seus arquivos em segundos.

  • Identifique todo mundo que acessa sua rede

Em uma rede corporativa, é comum que muitas pessoas tenham acesso às informações usando diferentes tipos de aparelhos. Instale um sistema de autenticação que permita identificar quem acessa qual tipo de informação. Monitorar tudo isso é fundamental para evitar problemas relacionados à segurança.

  • Conscientize e treine seus funcionários

Em uma escola, muitas pessoas estão envolvidas com o banco de dados — registros, documentos, matrículas, provas. Por isso, para evitar vazamento de questões, é importante que todos estejam cientes dos riscos e dos cuidados que devem ser tomados. Cabe ao profissional de TI educar as pessoas nesse sentido.

  • Utilize aplicativos que facilitem a sua vida

O App Prova Fácil, além de otimizar o tempo dos professores, permite que elecrie seu próprio banco de questões! Assim, os processos de criação, geração e correção das provas serão muito mais otimizados e melhor controlados, diminuindo o risco de vazamento de questões.

  • Faça back-up regulares de seus computadores

Salve seus documentos e armazene-os em memórias externas. Assim, os arquivos estarão protegidos tanto de invasores quanto de acidentes que podem fazer com que todas as suas informações sejam perdidas.

  • Configure o acesso às conexões WiFi

Utilizando sistemas de autenticação corretamente, é possível monitorar o tráfego de acessos à rede corporativa. Certifique-se de que está sendo usada uma VPN (Rede Particular Virtual), de forma a garantir a segurança dos dados.

  • Mantenha seu antivírus atualizado

Qual foi a última vez que você atualizou seu antivírus? Todos os dispositivos devem contar com soluções de segurança que detectam ameaças previamente, e tais soluções devem passar por manutenções regularmente.

  • Ter uma equipe transparente

Essa dica parece óbvia, mas é de grande importância! Os profissionais devem ser honestos e comprometidos com o trabalho. Confiança é a base da segurança que vai manter as informações da instituição de ensino seguras, evitando problemas como o vazamento de questões.

  • Garantir um ambiente físico seguro

Afinal, roubo de dados não necessariamente acontece apenas via internet. Câmeras, fechaduras e vigias podem ajudar a criar um ambiente mais seguro!

Como você deve ter percebido, o vazamento de questões em instituições de ensino — bem como das informações de qualquer negócio — pode se dar por diversos meios. Por isso, os investimentos em segurança também devem incluir diversas modalidades. O ambiente virtual, o físico, as máquinas e as pessoas devem estar devidamente atualizados e aptos a lidar com as políticas de segurança!

Baixe grátis o [Ebook] Como as IES mantêm a qualidade do EAD através de avaliações